Primeiro programa idealizado por Cristina Ferreira fica aquém das expetativas

O Especial Quer o Destino, transmitido ao vivo este sábado, venceu apenas numa parte do programa. SIC alcançou a liderança durante a maior parte do tarde.

06 Set 2020 | 15:22
-A +A

O especial Quer o Destino, que a TVI transmitiu em direto este sábado à tarde, 5 de setembro, deu à TVI a liderança nas audiências, mas apenas durante uma pequena parte do programa.

Do início até meio da tarde, a SIC conquistou a preferência dos telespetadores com os programas Alta Definição,  E-Especial e O Noivo é que Sabe – Como Tudo Começou. Só depois é que a emissão especial de Queluz de Baixo – o primeiro grande projeto de Cristina Ferreira desde que assumiu o cargo de diretora de Entretenimento e Ficção – alcançou a liderança.

No entanto, assim que a RTP começou a transmissão do jogo Portugal-Croácia – que a Seleção das Quinas venceu por 4-0 – foi o canal público que alcançou melhores resultados. 

Menos de 500 mil escolheram a TVI

Em termos médios, a emissão especial de Quer o Destino, que foi transmitida ao vivo, com Ana Sofia Martins e Pedro Teixeira a apresentar, ficou aquém da fasquia do meio milhão de espectadores e fechou com 486.900 indivíduos em média.

O programa atingiu uma audiência média de 5,1, com 16,2 por cento de share. No melhor momento, o direto chegou aos  6,8 com 19,1 por cento de share.

O período em que a SIC ganhou mais vantagem em relação à TVI foi durante a emissão de Alta Definição, cuja convidada de Daniel Oliveira foi Laura Dutra, que o telespetadores podem ver atualmente no papel de Ana, na novela Nazaré.

 

Leia ainda:
Cristina Ferreira esteve ‘escondida’ nos bastidores do especial Quer o Destino | Fotos
Cristina Ferreira faz uma ‘baixa’. Carlos Ribeiro fora do Somos Portugal
Herman José não resiste e volta a fazer piada sobre Cristina Ferreira

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Nuno Moreira

 

 

PUB
Top