Produtoras de novelas tomam medidas e há quem dê a mão a colaboradores

Atores e técnicos das três maiores produtoras nacionais estão sem trabalho. Contudo, mesmo estando a recibos verdes, estes trabalhadores não ficam sem auferir parte do vencimento.

17 Abr 2020 | 17:30
-A +A

As três maiores produtoras de novelas e séries televisivas nacionais estão paradas. A crise instalou-se também na SP Televisão, Plural Entertainment e Coral Europa – que efetivamente estão no mesmo barco, sem poderem gravar novelas e séries, e aguardam por melhores dias. As câmaras estão encostadas e os técnicos e atores estão, também, sem trabalhar à espera que a COVID-19 acalme.

Entretanto, duas das produtoras entraram em lay-off. No período de tempo em que se aplica este regime, os trabalhadores veem o seu ordenado ser reduzido. Ora, como se sabe, a maior parte destes técnicos e atores estão contratados a recibos verdes e a fatura – como tal, não são abrangidos pelo lay-off, o mesmo será dizer que não têm direito a receber… nada! Mas isto não acontece, porque há quem pense no futuro dos colaboradores.

Saiba quais são as produtoras de novelas que entraram em lay-off e quais as que optaram por dar a mão aos empregados.

Todos os pormenores na sua revista já nas bancas.
Texto: Mafalda Dantas; Fotos: Arquivo Impala

 

TV7dias 1727

 

Pontos de Venda das Nossas Revistas

 

PUB
Top