“Que grande vazio”: Conceição Queiroz recorda a passagem de ano mais marcante

A jornalista da TVI Conceição Queiroz responde ao questionário de Ano Novo da TV 7 Dias e, entre as revelações, confidencia os seus três desejos para 2021.

29 Dez 2020 | 7:00
-A +A
TV 7 Dias – Complete a frase: “2020 foi um ano…”

Conceição Queiroz – De grandes lições de vida.

O melhor e o pior de 2020?

O melhor: a possibilidade de sermos menos egoístas. O pior: a pandemia e as suas consequências.

Que tradições costuma cumprir na noite de passagem de ano?

Por mim, nada fazia, além de jantar em família e de sair para dançar até amanhecer, mas a minha irmã mais velha obriga-me a comer passas em cima de uma cadeira. Só depois é que vou para a pista de dança.

Noite de Ano Novo com amigos ou só com a cara-metade?

Há espaço para tudo e para todos.

Qual foi a passagem de ano mais marcante de sempre e porquê?

A primeira depois da morte da minha mãe. Que grande vazio.

Três desejos para 2021?

Saúde, família e tornar-me numa profissional de maior excelência.

Já passou o Ano Novo fora de Portugal? Se sim, onde e com quem? E como foi?

Passei em Cabo Verde. Havia várias festas privadas e, a certa altura, eu e um grupo de amigos ficámos no melhor espaço e foi até ao sol nascer.

O que costuma fazer no primeiro dia do ano?

Almoçamos todos em casa da minha irmã mais velha e sou sempre a última a chegar, sem quase nada dormir.

Ano novo é sinónimo de recomeço, de balanço do que passou ou é apenas um dia como os outros?

Para mim, o ano novo é mais um sinal de esperança.

Conceição Queiroz, deixe uma mensagem de Ano Novo aos leitores da TV 7 Dias.

Não deixem de acreditar! Boas entradas em 2021!

 

Fotos: Arquivo Impala

PUB