Que mudança radical: Irmã de Fanny Rodrigues dá tudo em biquíni… muito mais magra

A irmã de Fanny Rodrigues, Carolina Rodrigues, mostrou-se em biquíni, revelando a sua silhueta após ter passado por um processo de perda de peso. Neste domingo, cantou em “Somos Portugal”, na TVI.

11 Jul 2021 | 19:50
-A +A

A irmã de Fanny Rodrigues, Carina Rodriguesestá mais magra. A jovem, de 20 anos, chegou a pesar mais de cem quilos e, a determinada altura, percebeu que tinha de fazer alguma coisa, iniciando um processo de grande transformação. Visivelmente mais magra, mostrou-se agora em biquíni e encantou os fãs.

 

 

Carina Rodrigues está de férias em Portugal – a jovem vive na Suíça -, e tem acompanhado a irmã para todo o lado. É o caso deste domingo, em que Fanny Rodrigues vai apresentar o “Somos Portugal” e levou a irmã. Mas a jovem não a acompanhou apenas para lhe fazer companhia. Carina Rodrigues participou mesmo no programa das tardes da TVI e mostrou o seu talento a cantar.

Fanny Rodrigues sempre teve muito orgulho na irmã, tanto da beleza como do talento, e parece estar a cumprir um dos seus objetivos: ajudar Carina a tornar-se numa estrela. Uma promessa que fez e que a tornou pública, em direto na TVI, num dos “Diários” do “Big Brother”, quando a jovem entrou em direto.

“Eu amo-a tanto. Eu sou muito protetora. A minha irmã tem 19 anos e, para mim, continua a ter três anos, ou seja, vou continuar a proteger-te e a amar-te incondicionalmente. Já sabes que eu prometi a mim mesma que não ia morrer sem fazer de ti uma estrela e isso vai acontecer, venha quem vier”, afirmou Fanny Rodrigues.

 

Irmã de Fanny Rodrigues fala sobre mudança de corpo

 

Foi em 2019 que a vontade de mudar o corpo começou a surgir. Por essa altura, Carina Rodrigues pesava já 99 quilos. Tinha mais 40 quilos do que seria suposto. Nesse ano, a irmã de Fanny trabalhava num hospital e foi visitar o serviço onde realizavam os bypasses – o mesmo será dizer, as cirurgias bariátricas de redução de estômago.

Com apenas 18 anos, havia a vontade, mas faltava o resto… Porém, como deixou o trabalho no hospital, a coragem também se desvaneceu, até que meses mais tarde decidiu avançar. “Entre a ideia do bypass e deixar de trabalhar no hospital, acabei até por perder uns quilinhos. Só que depois… Depois disso, engordei mesmo muito e, aí, decidi avançar. O meu desespero já era grande, porque eu já tinha dificuldade em caber no 44 de calças”, assumiu.

“Acabei por ter a primeira consulta e, aí, pesava 105 quilos. Eu tenho 1,57 metros, devia pesar 57 quilos. Eu pesava o mesmo que o meu pai com 54 anos”, recordou. “Iniciei o processo. Fiz muitas consultas, até com outras pessoas que iam ser operadas. Aí, até ganhei autoestima, porque na realidade eu ao lado delas estava bem e isso foi outro clique: eu não queria chegar ao que elas tinham chegado. Avancei com tudo, apesar dos medos. No dia em que entrei no hospital, estava nervosa, com medo e lágrimas nos olhos”, recordou.

Veja a atual aparência da irmã de Fanny Rodrigues na nossa galeria.

 

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top