Queda do helicóptero do INEM: Os ROSTOS DA TRAGÉDIA

Regressavam de transportar uma idosa para o hospital de Santo António e, a meio caminho, o pior aconteceu. conheça as quatro vítimas mortais do desastre deste sábado, 16 de dezembro.

16 Dez 2018 | 12:08
-A +A

Enfermeira, médico, piloto e co-piloto, os quatro tripulantes do helicóptero do INEM que, este sábado ao final da tarde, caiu em Valongo, regressavam de transportar uma idosa com problemas cardíacos.

 

Veja: tudo o que aconteceu até à hora do ACIDENTE FATAL

 

Em Valongo, na zona da Serra de Couce, a aeronave onde seguiam despenhou-se. As causas do trágico acidente ainda não são conhecidas mas, ao início da madrugada, foram confirmadas as mortes, após o helicóptero ter sido localizado.

Luis Vega, 50 anos, médico natural da Galiza, vivia em Portugal há uma década. Segundo o jornal galego, La Voz de Galicia, Luis trabalhava nas urgências do Hospital São Sebastião, em Santa Maria da Feira, cidade onde vivia com a mulher há praticamente 10 anos.

João Lima, o piloto da aeronave, tinha uma carreira de vários anos em resgates e operações de emergência, sobretudo no combate a fogos florestais. Em 2011, o piloto resgatou três jovens de uma ravina do Bal Couvo, em Gavião, Portalegre. Luís Rosindo,copiloto, seguia a seu lado.

 

Família soube da notícia durante jantar de Natal

 

Daniela Silva fazia parte dos quadros do INEM e era também bombeira. Natural de Baltar, a enfermeira de 30 anos é a mais jovem vítima do acidente.  Os pais e a irmã de Daniela encontravam-se no jantar de Natal dos bombeiros de Baltar quando souberam da notícia do acidente. O mesmo jantar onde, há precisamente um ano, era o rosto da felicidade.

As operações prosseguem para retirar os corpos dos ocupantes do aparelho.

 

Percorra a galeria e veja as imagens.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: redes sociais

 

PUB
Top