Quer o Destino: Mateus atrai Ana para uma armadilha depois de agredir Vitória

No episódio de hoje de Quer o Destino, na TVI, Mateus arma um novo plano para raptar a filha. Saiba como tudo vai acontecer e se o vilão consegue o que quer.

16 Out 2020 | 18:50
-A +A

Esta noite em Quer o Destino, na TVI, Vitória modera a reunião e Joana mostra-se bastante participativa. Patrícia procura Joana em casa e Alfredo diz que ela ainda não chegou. A dona do café acaba por convidá-lo a voltar a cantar no seu estabelecimento, deixando o Caseiro muito feliz.

Luísa acha que Vitória a ajudou a enfrentar muita coisa, mas continua a sonhar que volta a ver Mateus.Nesse momento, estaciona um táxi ao fundo da rua, e vilão sai do carro e avança em direção ao café. Vitória termina a reunião e Joana anuncia que ela está noiva.

Vitória diz que quer continuar as reuniões para ajudá-las e as luzes apagam-se de repente. A enfermeira fica em pânico e ouve-se a sua voz a pedir para a largarem. Ninguém percebe o que se passa. Maria e Sandra estão a regressar do concerto e ouvem gritos vindos do café.

Joana, Madalena e Luísa continuam a procurar Vitória. Maria e Sandra percebem a gravidade da situação e a cantora liga a Machado. De repente, ouve-se um grito de Vitória. O inspetor está no quarto e, ao perceber que algo grave está a acontecer, sai a correr.

Todas procuram Vitória e Joana encontra-a atrás do balcão. Ela avisa que era Mateus e manda chamar a polícia. Machado sai a correr com a arma na mão e o táxi afasta-se com as luzes apagadas.

Mateus engana Ana

No café, todas estão de volta de Vitória e ela pede para ligar a Lucas, porque ele tem de saber o que se está a passar. Procura o telemóvel, mas não o encontra e percebe que Mateus o levou. Entretanto, Ana tá a deitar-se, quando recebe uma mensagem de Vitória a pedir para ir ter ao portão.

Mateus conduz o táxi, vê chamada de Ana, rejeita e escreve-lhe nova mensagem. Ana vê outra mensagem de Vitória a dizer para não avisar o pai, porque está a preparar uma surpresa e prepara-se para sair.

Maria tenta ligar a Lucas, mas ele não atende. Machado pergunta se não há um telefone fixo na herdade e insiste em ligar a Lucas. Entretanto, Ana estranha o pedido de Vitória, mas dirige-se para a porta no momento em que toca o telefone. Lucas atende e Machado conta que Mateus atacou Vitória, que lhe roubou o telemóvel e que precisam de proteger Ana.

Lucas dirige-se ao quarto da filha e confirma a Machado que ela não está. Desliga e corre em pânico, a gritar por Ana e encontra-a na cozinha.

Patrícia estraga plano para apanhar Mateus

Ana conta ao pai que Vitória lhe mandou uma mensagem e que estava a ir ter com ela. Lucas diz-lhe que foi Mateus. Ao mesmo tempo, o vilão conduz o táxi, liga o rádio e sintoniza uma estação com música clássica.

Machado manda Lucas manter Mateus na herdade por querer apanhá-lo. João aparece e Lucas conta que o irmão se fez passar por Vitória para apanhar Ana no portão e que o inspetor está a chegar para apanhá-lo.

Mateus estaciona o táxi num sítio discreto, desliga o rádio e fica na expectativa de ver Ana chegar. João está determinado em apanhar o psicopata e diz a Lucas que não quer correr o risco de Machado deixar escapá-lo outra vez. Ao mesmo tempo, o inspetor conduz o seu carro e acelera, sem tirar os olhos da estrada.

Vitória acha que devia ter ido com Machado para proteger a filha. Maria acalma-a, pois está confiante que este vai apanhar Mateus e que Ana está segura com o pai.

Machado estaciona no mesmo sítio onde estava o táxi e dirige-se ao portão, ouve barulho nos arbustos, vê um homem e bate-lhe na cabeça, mas fica desiludido ao perceber que é João.

Mateus, parado, vê um carro a surgir. Patrícia está a sair da herdade e estranha ver ali um táxi de luzes apagadas, aproxima-se do carro e Mateus foge a toda a velocidade.

Mateus e Isabela fazem as pazes

Patrícia lamenta que tenha afogentado Mateus e Vitória confirma que ouviu o vilão dizer que era a primeira e décima quinta mulher dele. Machado conclui, então, que ainda faltam encontrar nove corpos.

Machado diz que a sua prioridade é proteger Ana e pergunta ao comandante onde estão os táxis. Ele responde que estão em frente ao café. O inspetor procura o taxista que Mateus roubou e pergunta-lhe como tudo aconteceu.

Alfredo não quer deixar Joana voltar às reuniões, com medo de que lhe aconteça algo, e ela lamenta que Mateus seja capaz de tanta maldade. Em casa de Esperança, Isabela encontra Mateus a preparar café e conta que teve pesadelos, mas que agora já está mais calma.

Lucas e Vitória acordam juntos. Ele tem medo de se esquecer de coisas importantes da história deles e pretende fazer um diário, e a enfermeira apoia-o.

O taxista conta a Machado que foi atingido com uma pedra na cabeça e que desmaiou. O inspetor começa a caminhar a pé, e o táxi desaparece na direção contrária à que ele tomou.

Esperança quer ir dar comida aos animais. Isabela tenta impedi-la, mas acaba por deixá-la ir. Esta quer fazer as pazes com Mateus e pergunta-lhe se dormiu em casa. Ele diz que só quer o seu espaço e começa a beijá-la, pedindo-lhe para colocar uns brincos, e ela fica assustada.

Rita nega ajudar Marcos

Machado continua a caminhar a pé e vê, ao fundo, uma povoação e dirige-se para lá. Entretanto, Patrícia conta como correu com Sílvio, mas não concorda que ele ganhe dinheiro com o corpo. Maria acha que ela se está a apaixonar.

Marcos está com dores nas costas e pede a Rita para preparar os filhos para a escola. Ela recusa, deixando Marcos furioso com a falta de compreensão dela.

Na herdade, Lucas mostra um diário a Vitória, diz-lhe que quer começar a escrever tudo e falam sobre os planos futuros, deixando Vitória feliz por terem uma vida pela frente.

 

Leia ainda:
Sara Barradas revela pormenor ‘escondido’ de Mafalda Marafusta em foto de Quer o Destino
Drama em Quer o Destino: Mateus ataca Isabela e tenta matar-se a seguir
Filho de Pedro Teixeira na novela Quer o Destino infetado com Covid-19 | Vídeo do teste

Texto e Fotos: Divulgação TVI

PUB
Top