Quer o Destino: Vitória ajuda Carlos a fugir e Mateus conta à mãe que drogou a enfermeira

Saiba tudo sobre os principais acontecimentos do episódio desta quarta-feira, dia 8 de julho, da novela da TVI Quer o Destino.

08 Jul 2020 | 14:35
-A +A

O episódio de hoje de Quer o Destino, da TVI, está cheio de emoções fortes. Depois de Mateus ter simulado que Carlos o tentou matar, o empregado da herdade resolve fugir. Joana acha que o filho o fez, porque estava cheio de sangue nas mãos, e chora nos braços de Alfredo.

Na casa grande, Isabela, João e Ana estão preocupados e perguntam a Vitória o que aconteceu. A enfermeira conta que Mateus se feriu a ele próprio e que Carlos está inocente, mas nenhum dos três acredita nessa versão e Isabela culpa-a pelo que aconteceu. Já na estrada, Carlos segue a alta velocidade, mas o motor avaria e ele, num esforço desumano, empurra a carrinha até à casa de Guilherme.

Entretanto, Ana acha que a história de Carlos não tem pés nem cabeça e, agora que Vitória está com Lucas, tem medo que ele faça mal ao pai. A enfermeira tenta tranquilizá-la, dizendo que o ex-namorado nunca faria mal a ninguém e, nesse instante, recebe uma chamada. Carlos conta-lhe que o carro avariou e pede-lhe para ir ter com ele.

Vitória vai ao encontro de Carlos e ele conta-lhe que Mateus é maluco e que espetou a faca em si próprio, acrescentando ainda que ele anda a mentir a toda a gente e que consegue andar. O empregado da herdade diz ainda que o veterinário a drogou e que esteve com ela no quarto.

Vitória sente-se insegura com tudo o e Carlos avisa-a de que o veterinário é perigoso e maquiavélico. Ele aconselha-a a afastar-se e pede-lhe para fugir com a filha. Os dois abraçam-se.

 

Mateus confessa tudo à mãe

 

Entretanto, Catarina quer saber a verdade sobre o que aconteceu e Mateus acaba por confessar que conseguiu controlar-se e que consegue andar. O vilão diz que só queria dar uma lição a Vitória e assume que foi ele que se mutilou e que, assim, afastou Carlos do caminho. A matriarca avisa-o de que não pode tomar estas decisões sozinho.

Carla dorme no sofá e acorda, estremunhada, porque tocam à campainha. A ex-mulher de Marcos abre a porta e fica em choque quando vê dois guardas. Os homens dizem-lhe que receberam uma denúncia de que Marcos estaria lá em casa, desrespeitando a obrigatoriedade de afastamento. Carla diz que foi ela que deu autorização e o guarda avisa que não está a ser coerente. A irmã de Sandra explica que a filha fez anos e que não conseguiu contrariar a família.

Marcos chega a casa de Rita e conta que a festa correu lindamente, mas que, no final, Carla pediu-lhe para sair. A engenheira sabe que Carla nunca o vai perdoar e recomenda-lhe que a esqueça. A seguir, diz ao Santa Cruz que gosta muito dele, mas este responde que não sabe se conseguirão ser felizes.

Na herdade, Elvira apanha Vitória a chegar e diz-lhe que devia entregar Carlos à polícia. Lucas chega nessa altura e conta que Mateus vai ter alta no dia seguinte. A empregada acusa Carlos de querer matar o veterinário e a enfermeira defende o amigo. Lucas pede para falar com Vitória para saber a razão pela qual ela acredita na inocência do ex-namorado.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de Quer o Destino.

 

Texto e fotografias: TVI

PUB
Top