Quimbé teve depressão, quis suicidar-se e faz apelo: «Não façam o que o Pedro Lima fez»

Quimbé surpreendeu o País ao revelar que já pensou em suicídio. O impacto foi grande e o ator foi o convidado desta sexta-feira, 25 de setembro, da Casa Feliz, da SIC.

25 Set 2020 | 22:20
-A +A

Quimbé surpreendeu o País ao revelar que já pensou em suicídio. O impacto foi grande e o ator foi o convidado desta sexta-feira, 25 de setembro, da Casa Feliz, da SIC.

Saúde mental! É este o tema que está na ordem do dia! Muito se tem falado deste assunto, principalmente após a morte de Pedro Lima, a 20 de junho deste ano.

A imagem divertida que Quimbé passa para os espectadores e para quem o rodeia, já escondeu, afinal de contas «uma dor muito forte.» 

«Tenho recebido mensagens de histórias idênticas»

 

Há 20 anos, o ator sofreu uma grande depressão que quase o levou ao suicídio. «Ninguém sabia. Tive de falar com os meus pais antes do vídeo sair. Isto é despoletado por causa do Pedro Lima. Chorei imenso e não dizias que o Pedro algum dia… Ele era da luz, da natureza. Eu disse que tinha de contar a minha história porque vou ajudar alguém», disse, revelando como tem sido o feeback dos portugueses após a partilha que vez na campanha Vamos Falar.

«Estava à espera que houvesse uma onda de amor, não um tsunami como está a acontecer. Tenho recebido mensagens de histórias idênticas. Nós, figuras públicas, somos vistos como exemplo, mas nós também caímos. Isto é basicamente um apelo. Não façam aquilo que o Pedro fez. É um sofrimento. Às vezes cais no buraco e não sabes por que é que estás no buraco. E é bom falar com as pessoas. Pode ser um médico, um amigo, mas falem», alerta.

«Estava mesmo um caco e era uma dor horrível»

 

O ator quer fazer este alerta «nem que seja para uma pessoa», até porque, «nem sempre há justificação para estarmos no fundo.» «Tu chegas a um ponto em que tens aquela dor que não sabes explicar e só queres acabar com aquela dor. Eu rio-me agora porque já passei por isso há 20 e tal anos, mas já estive no limbo, já estive no fundo e o suicídio não é o caminho. O falar é fundamental», desabafa, deixando João Baião emocionado.

E o que acabou por fazer com que Quimbé mudasse a ideia de se suicidar? «Salvou-me uma conversa. Essa pessoa até hoje não sabe que me ajudou. Estava mesmo um caco e era uma dor horrível. Tive uma voz amiga e pôs-me no meu lugar», realça.

Na verdade, o ator «não sabia explicar o porquê de estar assim», em tristeza profunda, perto do abismo. «Estava numa fase profissional ótima, adoro o que faço e não sabia explicar», garante, revelando que também a mãe passou pelo mesmo. «Eu acordo sempre bem disposto. Chegava ao pé dela a rir e a dizer bom dia e ela começava a chorar, do nada», revela.

«Só quero ajudar os outros»

 

Quimbé garante que «muitas vezes sofremos sozinhos, porque não queremos chatear ninguém», mas hoje, essa ideia mudou. «Com isto só quero ajudar os outros. Também é importante saber ouvir. Se não tivesse aquela voz amiga, não estava cá. Não tinha tido a minha família nem os meus filhos», diz.

E por falar em filhos… o ator mostrou-lhes o vídeo que fez para a campanha Vamos Falar e tanto Dinis, de 17 anos como Vasco de 11, disseram que Quimbé iria «ajudar muito outras pessoas.»

Texto: Andreia Costinha de Miranda; Fotos: Reprodução Instagram

PUB
Top