Revelação: Jorge Guerreiro foi obrigado a parar concerto por causa de Salvador Sobral

Em 2017, Jorge Guerreiro foi obrigado a interromper um concerto na Alemanha porque o público estava mais interessado em acompanhar a final da Eurovisão, que viria a ser ganha por Salvador Sobral.

07 Fev 2022 | 21:03
-A +A

Jorge Guerreiro partilhou com outros concorrentes do “Big Brother Famosos” um episódio invulgar com que se defrontou em 13 de maio de 2017. Nessa noite, Salvador Sobral subia a palco para, em Kiev, Ucrânia, disputar a vitória na final do Festival Eurovisão da Canção. Ao mesmo tempo, na Alemanha, o participante do reality show da TVI dava um concerto para a comunidade portuguesa.

Acontece que o interesse no certame internacional era tanto – Portugal estava prestes a, pela primeira vez, vencer o Eurofestival, o que se veio mesmo a concretizar – que Jorge Guerreiro viu-se obrigado a parar por alguns minutos o espetáculo que estava a fazer para emigrantes. O episódio foi recordado, esta segunda-feira, na casa mais vigiada do País, quando os concorrentes do “Big Brother Famosos” ouviram o tema “Amar Pelos Dois”, com o qual Salvador Sobral conquistou o lugar cimeiro na Eurovisão.

“De cada vez que ouço esta música, lembro-me que tive de, pela primeira vez na minha vida, interromper um espetáculo na Alemanha para a malta ir ver a votação. Quando vi, estava a cantar para metade da sala – ou menos de metade -, porque o resto estava tudo lá ao fundo espetado na televisão”, lembrou o cantor, em conversa com Kasha, Marta Gil e Mário Jardel.

Com Portugal prestes a sair vitorioso do Festival Eurovisão da Canção, Jorge Guerreiro foi então aconselhado a interromper o concerto. “O homem [organizador] veio ter comigo e disse-me: ‘Ó Jorge, faça uma pausa no espetáculo e depois retoma. Faça um intervalo. As pessoas estão mais interessadas em ver se Portugal ganha'”, recordou o agora concorrente do “Big Brother Famosos”, acrescentando que também ele foi, de seguida, assistir à votação do certame e à consequente vitória de Salvador Sobral com um tema composto pela irmã, Luísa Sobral.

Aquela foi a primeira e única vez que Portugal venceu o Festival Eurovisão da Canção. E logo com um recorde, sagrando-se vencedor com a maior pontuação de sempre na história do concurso: 758 pontos.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais
PUB