Rita Pereira não deixa passar em branco data de acidente de Angélico Vieira

O trágico acidente que acabou por tirar a vida a Angélico Vieira, três dias depois, aconteceu há oito anos. Rita Pereira assinala a data, mas não foi a única.

26 Jun 2019 | 14:50
-A +A

O trágico acidente de viação que acabou por tirar a vida a Angélico Vieira, três dias depois, aconteceu há oito anos, a 25 de junho de 2011.

O cantor ia ao volante de um BMW, alegadamente a mais de 200 km/h, quando um dos pneus da viatura rebentou, em plena autoestrada A1, perto da zona de Estarreja. Face ao sucedido, o artista perdeu o controlo do carro, acabando por se despistar. O rosto da TVI viajava em direção a Lisboa, onde no dia seguinte os D’ZRT iriam atuar na festa Morangomania dos Morangos Com Açúcar.

Com Angélico Vieira seguiam mais três pessoas: uma morreu (Hélio Filipe), outra ficou com mazelas irreversíveis (Armanda Leite) e a terceira saiu ilesa do veículo destruído pelo embate (Hugo Pinto).

O jovem, que fazia suspirar muitas fãs, foi transportado para o Hospital de Santo António, no Porto. Ficou em coma durante três dias até lhe ser declarada morte cerebral, notícia que deixou Portugal em choque.

Sandro Milton Vieira Angélico, assim se chamava o ator, tinha 28 anos e uma enorme carreira artística pela frente.

Rita Pereira não se esquece de Angélico Vieira

Rita Pereira namorou durante vários anos com Angélico Vieira. Apesar de na altura do acidente já estarem separados, os dois atores nunca tinham cortado relações. A atriz estaria mesmo escalada para apresentar o programa referido acima, mas cancelou a função para poder rumar ao norte e assim poder estar perto do ex-namorado, que se encontrava com um diagnóstico clínico «muito reservado».

Esta terça-feira, a mãe do pequeno Lonô voltou a publicar, no Instastory, uma imagem que partilha sempre que homenageia Angélico Vieira. Tratam-se de umas asas de anjo. Rita Pereira acrescentou ainda um «8» à publicação.

Recorde-se que a jurada do programa A Tua Cara Não Me É Estranha fez uma tatuagem após a morte do cantor. A estrela da estação de Queluz de Baixo tatuou a seguinte frase: «Tomorrow maybe too late», que em português significa «Amanhã talvez seja demasiado tarde». No pé, a namorada de Guillaume Lalung também tem tatuada uma pena, um acessório que Angélico usava muito, principalmente como brinco.

Flávio Furtado foi outro dos rostos conhecidos que fez questão de assinalar a data. «8 anos…», lê-se na legenda de uma imagem do ex-moranguito que o comentador da Crónica Social, do Você na TV!, partilhou na mesma rede social.

Veja também:
Rita Pereira recorda morte de ex: «Quando o Angélico morreu, a minha cabeça mudou»
Cifrão faz CONFISSÃO sobre Angélico Vieira: «Ainda tenho o número dele no meu telefone»

 

Texto: Ivan Silva; Fotos: Instagram e Arquivo Impala

 

PUB
Top