Roberto Leal: caixão aberto no último adeus ao cantor português. Veja as fotos!

O velório público de Roberto Leal decorre na Casa de Portugal, em São Paulo, no Brasil. Filho do cantor mostrou-se inconsolável na despedida e assumiu ter perdido o melhor amigo.

16 Set 2019 | 15:32
-A +A

As cerimónias fúnebres de Roberto Leal, que morreu na madrugada no domingo, 15 de setembro, acontecem esta segunda-feira na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade, em São Paulo, no Brasil. A família terá cumprido o desejo do cantor português, nascido em Vale da Porca, Macedo de Cavaleiros, e o velório, público, decorreu com ‘caixão aberto’ para que todos se pudessem despedir do músico.

Rodrigo Leal, um dos três filhos do artista, envergou uma bandeira portuguesa. A filha, Manuela Leal, vestiu-se de branco.

Reação alérgica terá sido causa da morte

 

O intérprete de sucessos como Bate o Pé e Arrebita travava uma luta contra um cancro de pele, diagnosticado há cerca de dois anos, mas a causa de morte estará relacionada com uma reação alérgica a um medicamento, que se traduziu numa insuficiência renal e hepática. Estava internado desde o passado dia 9.

Em declarações a um canal de televisão brasileiro, Rodrigo Leal disse estar «chocado» com a perda do pai, aos 67 anos. «Quando o vi há 2 ou 3 dias, não se imaginava este cenário. Até há duas semanas ele estava a fazer televisão, fazendo a vida que sempre amou. Em dois dias tudo aconteceu…», desabafou. «Perdi o meu melhor amigo», completou o também músico, que chegou a trabalhar com o português.

 

Veja também:
Bruno Nogueira recorda Roberto Leal com emoção: «o coração dele não cabe em dois países»
Recorde uma das últimas entrevistas de Roberto Leal: «Dei o concerto de cadeira de rodas»

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: AG News

PUB
Top