Rogério Samora tinha projeto com Dolores Aveiro que ficou pendente. Saiba qual é

Rogério Samora já sabia o que ia fazer após o final das gravações de “Amor Amor”, da SIC, e um deles envolvia um projeto com Dolores Aveiro. Saiba todos os pormenores!

12 Nov 2021 | 15:20
-A +A

Rogério Samora tinha muitas propostas em cima da mesa após o final das gravações da novela “Amor Amor”, em exibição da SIC, no qual interpreta o papel de Cajó. Mas o ator, de 62 anos, que se encontra internado desde o dia 20 de julho após duas paragens cardiorrespiratórias, tinha um projeto especial em mente: fazer um filme sobre Dolores Aveiro. Esta seria o seu primeiro trabalho como realizador. A novidade foi revelada por uma publicação semanal.

Rogério Samora pretendia contar a história da “mulher” que deu vida a Cristiano Ronaldo e quem o educou ao lado de mais três irmãos, Hugo, Elma e Katia Aveiro. O artista até já tinha começado a dar os primeiros passos na realização deste sonho. “Ele já tinha pedido à mãe de Cristiano Ronaldo autorização para fazer uma biografia sobre ela. Não sobre o Cristiano, mas sobre ela, como mulher”, contou um amigo próximo o ator à TV Guia.

Com o fim das filmagens da trama da SIC, Rogério Samora queria começar a gravar o projeto cinematográfico já no início de 2022 e contava com a colaboração da matriarca Aveiro para a escolha do elenco, um pormenor exigido pela madeirense. “[Dolores Aveiro] estava contente, queria só poder ajudá-lo a escolher os atores, mas ele nem se importava”, referiu a mesma fonte.

Estava assim marcado o seu projeto número um na qualidade de realizador, embora já tivesse trabalhado diretamente com outros profissionais da área em diversas iniciativas. “Ia ser o seu grande projeto como realizador”, confessou o amigo conhecido de Rogério Samora.

Rogério Samora tinha um peça de teatro em mente

Além do filme sobre a Dolores Aveiro, o ator, antes de ser internado, ia financiar uma peça de teatro com grandes nomes do panorama televisivo, como as grande amigas e colegas Alexandra Lencastre e Rita Loireiro. “Ele já tinha em mãos um projeto de teatro que ia ser financiado por ele próprio. Queria a Alexandra Lencastre com ele e mais uma série de amigos daqueles tempos, como a Rita Loureiro e afins. Ele sempre poupou imenso, por isso tinha muito para gastar”, relatou a mesma fonte à referida publicação.

Rogério Samora está internado há mais de 100 dias depois de sofrido duas paragens cardiorrespiratórias a 20 de julho, durante as gravações da novela “Amor, Amor”. O rosto da SIC permanece desde o dia 28 de setembro numa unidade de Cuidados Continuados na zona de Mafra e terá contraído uma pneumonia. Essa doença poderá ter o levado a um novo internamento de urgência.

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Arquivo Impala e Redes Sociais

 

PUB