Rosa Grilo condenada a 25 anos de prisão pelo homicídio do marido

Sentença de Rosa Grilo foi conhecida esta tarde, 3 de março. Rosa Grilo foi condenada à pena máxima possível em Portugal, 25 anos. António Joaquim condenado a 2 anos de pena suspensa.

03 Mar 2020 | 18:15
Rosa Grilo
-A +A

Rosa Grilo foi condenada a 25 anos de prisão, a pena máxima possível no sistema judicial português. O amante de Rosa Grilo, António Joaquim, foi condenado a 2 anos de pena suspensa.

O tribunal deu como provado que Rosa Grilo matou o marido, Luís Grilo. A sentença foi lida esta terça-feira, 3 de março, no Tribunal de Loures. O tribunal retira assim António Joaquim da equação e diz que foi mesmo Rosa quem transportou o corpo. Nas alegações finais, o Ministério Público  tinha pedido 20 anos e seis meses de prisão, no mínimo, para Rosa Grilo e António Joaquim pela morte do triatleta.

Em tribunal, Rosa Grilo e o ex amante não se olham sequer.

Desde setembro de 2018, Rosa Grilo encontra-se em prisão preventiva, enquanto António Joaquim, que foi sujeito a igual medida de coação, foi posto em liberdade em 06 de dezembro de 2019, após o coletivo de juízes ter aceitado um requerimento apresentado pela defesa a pedir a revogação da medida de coação mais gravosa.

O triatleta Luís Grilo foi assassinado em julho de 2018, na sua casa nas Cachoeiras, no concelhod e Vila Franca de Xira, distrito de Lisboa.

 

 

Texto: Marta Amorim | Fotos: DR

 

Veja mais:
Filho de Rosa Grilo visita regularmente campa de pai para «falar»
Reviravolta! Homem diz que assistiu ao homicídio de triatleta e culpa Rosa Grilo e amante

PUB
Top