Rosa Grilo desespera sem notícias do filho que não lhe atende o telefone há meses

Rosa Grilo não consegue falar com o filho desde junho. O adolescente não atende o telefone «nem à mãe nem aos avós desde junho, nem mesmo no natal nem dia de anos», depois de agressão na prisão.

05 Jan 2020 | 14:30
-A +A

A cerca de uma semana da leitura do acórdão de Rosa Grilo e António Joaquim e do fim de um processo que agarra o país há já 14 meses, o programa Linha Aberta, conduzido por Hernâni Carvalho, esteve com os pais de Rosa, que revelaram como se sentiram ao saber da libertação do oficial de justiça António Joaquim.

Será a 10 de janeiro que o ex-casal de amantes saberá se são ou não condenados pela morte do triatleta Luís Grilo.

António Felix Joaquim está em liberdade desde dia 6 de dezembro, enquanto Rosa se mantém presa em Tires. Maria Antónia Pina, mãe de Rosa, afirma que a decisão dos juízes foi uma «calamidade». «Se o António veio para fora, a minha filha não tinha nada que ficar lá dentro, se ele não é culpado ela também não».

A mãe da arguida considera que Rosa tem dito sempre a verdade e volta a lamentar que Renato, o filho de Rosa e Luís Grilo, esteja longe da família materna. «Quero o meu neto ao pé de mim, tiraram-mo já há seis meses», afirma.

Renato, de 14 anos, ficou, numa primeira fase, com os avós maternos. A disputa pela guarda do adolescente adensou-se até que a guarda foi entregue a Júlia Grilo, irmã do triatleta. Foi Renato quem preferiu ficar com a tia depois de alegar que a mãe lhe batia.

Sobre o episódio em que, numa visita, Rosa Grilo bateu ao filho, Maria Antónia Pina esclarece o que viu, uma vez que estava presente. «Eu também estava presente, só que estão mesas ao meio, de uma ponta à outra. Os reclusos estão de um lado e as visitas estão do outro lado da mesa. Só o meu netinho é que estava do lado da mãe. Ele começou a ofendê-la e chamou-lhe cabra e mostrou-lhe o dedo. E foi quando a minha filha se irritou e lhe chegou a mão à cara. Mas não foi assim tão grande o chapadão como dizem», conta.

Américo Pina, pai de Rosa, acrescenta ainda que o neto lhe chamou «palhaço e filho da p***» e ainda o mandou à «merda». O casal, pai de Rosa, diz que Renato não atende o telefone «nem à mãe nem aos avós desde junho, nem mesmo no natal nem dia de anos», declara.

Texto: Marta Amorim | Fotos: Impala e DR

 

Leia ainda:
Amante de Rosa Grilo sai hoje em liberdade
Rosa Grilo REVELA motivo para ter dado UM ESTALO ao filho

PUB
Top