Rosa Villa faz confissões sobre passado marcado por drogas e álcool!

Rosa Villa abriu o coração para contar a Júlia Pinheiro alguns segredos do seu passado, marcado pelo consumo de cocaína e álcool. «Disse-lhe: “Eu quero internar-me numa clínica de recuperação”».

29 Abr 2020 | 21:10
-A +A

Rosa Villa despiu-se de preconceitos e abriu o coração a Júlia Pinheiro, esta quarta-feira, 29 de abril, no programa Júlia, da SIC. Pela primeira vez, a atriz recordou, bastante emocionada, o período conturbado do vício das drogas e álcool.

O excesso e a pressão no trabalho levaram-na a consumir cocaína, até a situação se descontrolar. «Tudo começa porque o trabalho era muito. Fazia teatro, televisão. Na altura era novela atrás de novela, sempre a trabalhar. Houve um dia em que estava no lugar errado, à hora errada com as pessoas erradas… Chegamos a um ponto em que não se controla nada», confessou.

Foi nesta altura que decidiu falar abertamente com o marido, Jorge Estreia, de quem tem uma filha, Rafaela, de 21 anos. Até porque foi controntada pelo também ator. «Ele apercebe-se, temos uma conversa… foi uma grande complicação e ele sai de casa. Não o posso condenar por isso, porque uma pessoa que está viciada, sobretudo na cocaína, começa a descompensar… Ficamos mais ansiosos, mais enervados. Há uma certa hiperatividade e tudo isso descompensa numa relação», diz..

Foram cinco anos até se recuperar. O casamento de 16 anos terminou de imediato, mas a filha foi um grande apoio. «Eu tenho uma grande filha, muito bem estruturada», refere de lágrimas nos olhos aquela que decidiu pedir ajuda a uma grande amiga. «Disse-lhe: “Eu quero internar-me numa clínica de recuperação.”»

 

O vício do álcool

Para além do vício das drogas, aos 52 anos, Rosa Villa também acabou por ficar viciada em álcool e relata mais um momento difícil da sua vida, deixando Júlia Pinheiro perplexa e sensibilizada por não saber de nada do que se tinha passado com a atriz.«O álcool também é uma droga… Ao jantar bebia um copo de vinho ou dois… Quando dei por mim, eu estava uma alcoólica!», conta.

«Tive de fazer um novo tratamento, desta vez para deixar de beber. Esta altura foi muito difícil, porque a minha filha apercebeu-se. Chegava a casa com as amiguinhas e eu estava alcoolizada… não é fácil. Ela sofreu muito.»

Rosa Villa está hoje recuperada e prepara-se para regressar ao trabalho.

 

A morte do avô

Na entrevista intimista, Rosa Villa recordou ainda um dos piores momentos da sua vida, ao perder o avô paterno. Ainda hoje não aceita a partida daquele que era uma referência para si.

«O meu avô era uma pessoa muito carinhosa, muito dedicada a mim, adorava-me. A primeira palavra que eu disse foi avô. Era um grande homem… Ele morreu-me nos braços. Ainda hoje não consegui ultrapassar isso porque era uma pessoa muito querida, tal como os meus pais e a minha avó», revelou sem conseguir conter as lágrimas.

A atriz revelou que depois da morte do avô, o pai saiu de casa para ir viver com outra mulher. «Foi outro balde de água fria que me caiu em cima», lamentou.

Rosa Villa foi ainda surpreendida em direto pela mãe, Elsa, que não poupou elogios à filha.

Texto: Filipa Rosa; Fotos: DR

 

Eis os passos a seguir:

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt
2 – Escolha a sua revista
3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR
4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top