RTP revela a história nunca contada de Eça de Queiroz!

O Nosso Cônsul em Havana, baseado nos acontecimentos do período em que Eça de Queiroz foi representante diplomático em Cuba, estreia dia 7 de junho na RTP1.

06 Jun 2019 | 18:15
-A +A

Eça de Queiroz foi nomeado cônsul de Portugal em Havana em 1873. A nova série da RTP1, O Nosso Cônsul em Havana, estreia-se a 7 de junho, às 22h30, e é inspirada neste período, durante o qual a ilha de Cuba pertencia ao império espanhol.

Tudo começa em 1871 com Batalha Reis a anunciar a Eça de Queiroz a proibição, pelo governo, das Conferências Democráticas do Casino Lisbonense, impulsionadas pelo poeta Antero de Quental sob a influência das ideias revolucionárias de Proudhon.

Veja o trailer

Entretanto, numa aldeia da China, um jovem de uma família miserável que se prepara para emigrar para Cuba para trabalhar nas plantações de cana-de-açúcar, é raptado para servir no exército de um senhor da guerra. A irmã, Lô, toma o seu lugar e vai viver uma longa aventura até chegar a Cuba.

 

Drama da emigração chinesa para Macau retratado na série

 

Em Lisboa, o governo muda e o ministro dos Negócios Estrangeiros nomeia Eça como Cônsul de Portugal em Havana com a missão de tratar o problema dos emigrantes chineses que saem via Macau com destino a Cuba, com documentos portugueses, e onde são praticamente tratados como escravos.
Lô e Eça chegam a Havana na mesma altura.

Eça depara-se com o desaparecimento do seu malão com os seus bens pessoais, que considera absolutamente indispensáveis à vida civilizada, da qual não abdica.

A série, realizada por Francisco Manso, conta com Elmano Sancho, Joaquim Nicolau, Leonor Seixas, Luísa Cruz, Mafalda Barquart, Jorge Pinto, João Lagarto, Pedro Couto, Daniel Viana nos papéis principais.

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotos: RTP

PUB
Top