«Notícia muito triste e cruel». RTP, SIC e TVI reagem com pesar à morte de Filipe Duarte

O Diretores de Programas da RTP, SIC e TVI destacam o talento de Filipe Duarte na hora do adeus. A unanimidade impera entre canais: «Ele era um dos atores mais brilhantes do nosso tempo.»

17 Abr 2020 | 14:48
-A +A

A RTP, a SIC e a TVI, nas pessoas dos seus Diretores de Programas, já reagiram à morte de Filipe Duarte. O ator morreu, esta sexta-feira, dia 17 de abril, na sequência de um enfarte do miocárdio fulminante, deixando o meio artístico português em choque com o seu desaparecimento.

Numa mensagem enviada à TV 7 Dias, o responsável pela programação da RTP1, José Fragoso, refere-se à morte de Filipe Duarte como «uma notícia muito triste e cruel». «O Filipe Duarte era um dos atores mais brilhantes do nosso tempo, como ainda se viu recentemente no filme Variações, coproduzido pela RTP», lembra o Diretor de Programas da estação pública, considerando a morte do intérprete «uma perda irreparável para a ficção portuguesa».

O Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa, Daniel Oliveira, afina pelo mesmo diapasão. «É uma perda irreparável. O Filipe era um dos melhores atores da sua geração, cuja marca do talento ficará para sempre entre nós. Em nome da SIC, onde o Filipe Duarte trabalhou em projetos como Fúria de Viver ou Teorema de Pitágoras, deixamos as nossas mais sentidas condolências à família e amigos do Filipe», afirma o timoneiro da estação de Paço de Arcos, numa declaração enviada à imprensa.

Nuno Santos, consternado, vinca a surpresa pela morte de Filipe Diarte. «Estamos sem palavras. Morreu o Pipo… O Pipo, como todos tratávamos o Filipe Duarte, começou a fazer parte da nossa família desde o inesquecível projeto Equador, onde foi o protagonista, a par de Maria João Bastos e Marco d’Almeida», lembra o Diretor de Programas da TVI.

«Depois disso, foi nosso ator, nosso colega, nosso amigo, nosso conselheiro. Sempre, à distância de um telefonema, de uma conversa, aqui esteve com o seu saber e forma tão peculiar que tinha de olhar o mundo, a profissão e os amigos», continua.

Em comunicado, Nuno Santos recorda ainda a última participação do ator na ficção do canal de Queluz de Baixo. «Em Belmonte, o seu último trabalho com a TVI, Filipe Duarte tomou como verdadeira a responsabilidade de ser o tutor dos 5 irmãos. Adotou-os na tela e no coração. Porque ele era assim. Adotou-os a eles e deixou uma marca em todos nós com a sua entrega, a sua voz, o seu olhar único.»

«Um ator excecional, que recusou sempre um pingo de maquilhagem na tela, como na vida. Porque ele nunca fingiu nada. Porque as personagens que desempenhou, desempenhou-as vivendo pessoas que verdadeiramente encarnou. O Pipo parte enriquecido por todas estas personagens que encarnou, mas também com todas as pessoas onde deixou a sua marca. A TVI endereça sentidas condolências à sua família e amigos. Obrigado, Pipo, por teres passado por aqui», remata o Diretor de Programas da TVI.

Casado com a atriz espanhola Núria Mencia, Filipe Duarte deixa uma filha, Antónia, de nove anos.

 

VEJA TAMBÉM:
«Perda irreparável». Famosos em choque com a morte de Filipe Duarte

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR ou ASSINAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top