Eurovisão sem competição: RTP transmite Eurovision Shine a Light a 16 de maio

O Festival Eurovisão da Canção foi cancelado devido à pandemia do novo coronavírus mas há espectáculos para ver no Youtube e na televisão. RTP1 transmite o espectáculo Eurovision Shine a Light.

07 Mai 2020 | 15:00
-A +A

Num universo paralelo, onde o coronavírus não existiu, Elisa estaria já em ensaios em Roterdão, nos Países Baixos, em contagem decrescente para atuar na segunda semifinal da Eurovisão, agendada para 14 de maio. O novo coronavírus obrigou ao cancelamento de espectáculos em todo o mundo e o Festival Eurovisão da Canção não foi exceção.

Mas, no dia em que aconteceria a final, 16 de maio, vai haver uma emissão especial, intitulada Eurovision Shine a Light. O espectáculo vai ser transmitido em direto pela RTP1, às 21h00 e vai ser exibido também nos 40 países que concorreriam à 63ª edição do certame.

O espectáculo vai homenagear as 41 canções a concurso, não havendo votações. A canção Medo de Sentir, vencedora do Festival da Canção, consta do alinhamento do espectáculo. Haverá ainda várias surpresas preparadas pelos artistas e também pelos fãs da Eurovisão.

«Com a duração de duas horas, Europe: Eurovison Shine a Light será conduzido pelos holandeses Chantal Janzen, Edsilia Rombley e Jan Smit, mas não estarão sozinhos nesta emissão: a eles juntam-se, por exemplo, Graham Norton, apresentador da BBC, e a sensação holandesa do YouTube, NikkieTutorials. Este espectáculo será um momento inesquecível na História da Eurovisão que pretende trazer inspiração, esperança e promover o espírito de união além-fronteiras», pode ler-se.

 

Semifinais transmitidas no Youtube mas sem competição

A 12 e 14 de maio, datas em que aconteceriam as semifinais, as 41 canções a concurso serão transmitidas num formato especial no Youtube, intitulado Eurovision Song Celebration 2020. Na primeira final atuam os países previamente selecionados, os Países Baixos, a Alemanha e a Itália.

Na segunda semifinal, na qual atua Portugal, estarão também integrados os restantes países do Big Five, França, Espanha e Reino Unido. Os Países Baixos, que iriam receber a 65ª edição do Festival Eurovisão da Canção, continuam a ser anfitriões do certame em 2021. Há países que escolheram transitar os artistas deste ano para o próximo. Portugal já anunciou que não será Elisa a representar Portugal na próxima Eurovisão.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: redes sociais e RTP

 

Veja mais:
Afinal há Eurovisão! Festival acontece a 16 de maio mas não vai haver vencedor
É oficial! Elisa não vai representar Portugal na Eurovisão em 2021

PUB
Top