Rui Pedro vai processar Joana por difamação: “Ela tem uma patologia qualquer” (EXCLUSIVO)

Rui Pedro conta, em exclusivo à TV 7 Dias, todos os pormenores da polémica e nega as acusações de ter ameaçado de morte Joana antes da gala de “Big Brother – A Revolução”. Saiba o que aconteceu!

14 Dez 2020 | 18:50
-A +A

Rui Pedro anda a ser acusado de ter ameaçado de morte Joana antes do início da gala deste domingo, dia 13 de dezembro, de “Big Brother – A Revolução”. Perante estas graves acusações, o empresário revela à TV 7 Dias que não passa tudo de uma enorme mentira, apontando o dedo à jovem de Cascais, garantindo que tudo isto não passou de um “plano” maquiavélico dela para o tentar “entalar”.

À nossa revista, Rui assume que, efetivamente, falou com Joana fora dos estúdios da Venda do Pinheiro, mas sempre num tom “calmo” e “tranquilo”, referindo que nunca, em momento algum, a ameaçou.

Nega ameaças: “Disse-lhe apenas para viver a sua vidinha”

 

“Podia negar que falei com ela, mas não vou o vou fazer. Ela estava à entrada da gala, cá fora a fumar com a Carina, que é minha amiga e amiga dela. Entretanto vim cá fora e falei com a Joana. Disse-lhe que já chegava de andar em todas as entrevistas a falar do meu nome”, começa por dizer. O homem de 35 anos relembra que disse a Joana para “viver a sua vidinha” e para de “carregar” sempre na “mesma pessoa. Confessa que nem chegou “perto dela” e que manteve sempre uma distância de dois ou três metros.

“Ela não disse nada e ignorou, o normal, teve uma postura normal, com aquela poker face maravilhosa e eu vim à minha vida”. De realçar que Carina já veio a público dizer que também foi notificada como testemunha, mas afirma que não assistiu a nada.

Já durante a gala apresentada por Teresa Guilherme, Rui foi apanhado de surpresa quando um “indivíduo” da produção chegou ao pé dele e lhe pediu para “ir lá fora”, porque estava lá a GNR (Guarda Nacional Republicana).

Ao sair do estúdio, Rui diz que deparou-se com um polícia, que lhe comunicou que tinha de ser identificado por ter ameaçado Joana. Rui desvalorizou e “até se riu”, descrevendo o que aconteceu como “ridículo”. E, segundo ele, não foi o único.

“A GNR estava a rir-se”

“Cheguei cá fora ao pé da GNR e os agentes estavam a rir-se, claro”, afirma à TV 7 Dias, adiantando que até os agentes de autoridade acharam isto “ridículo”. A própria produção não fez caso desta situação: “Sabem que ela é louca, descompensada. Disseram para não ligar. A Teresa Guilherme até me chamou e perguntou-me o que se tinha passado. Tenho de aturar a garotada…”, desabafa.

Joana acabou por ir embora e Rui voltou para gala, onde acompanhou as notícias que estavam a sair sobre esta suposta polémica.“É surreal, protagonismo barato, baixo nível, vale tudo para ganharem fama e serem notícia”. Para o companheiro de Jéssica Antunes, tudo isto não passa de um “plano” que Joana tentou arranjar para o “entalar”. “Ela estava na maquilhagem e deve ter pensado: ‘vou entalar este gajo’. Alguém lhe deve ter dito que, para mostrar medo, era melhor não ir à gala”.

“Tenho razões para mover uma ação judicial sobre ela”

Rui considera que isto “passou dos limites” e promete reunir provas e colocar Joana em tribunal, por difamação.

“Sou íntegro, tenho sido sempre correto na sociedade e isto deixa-me um pouco indignado. Agora sim, tenho razões para mover uma ação judicial sobre ela, por difamação. Não estou incomodado, mas as pessoas vão falar e é super mau, deselegante”, conta, preocupado com a sua imagem como modelo e dos negócios que tem no mercado. E diz ter mais do que provas para processá-la. “Eu tenho os meios de comunicação social todos em que me acusou que a ameacei, que é mentira e uma acusação extremamente grave”.

“Nunca pensei que uma menina tão novinha tivesse tanta maldade”

Rui vai mais além e afirma que Joana pode sofrer de algum tipo de “patologia do foro psicológico”. “Ela tem uma capacidade de inventar extraordinária. Tem uma patologia qualquer do foro psicológico, um desequilíbrio qualquer”.

O ex-concorrente acha que Joana não vai fazer nada judicialmente, uma vez que nem tem por onde pegar. “Eu tenho todos os meios. Se ela não é ninguém, problema o dela. Eu tenho uma imagem. Nunca pensei que uma menina tão novinha tivesse tanta maldade dentro dela”, remata.

A TV 7 Dias tentou obter uma reação por parte da TVI sobre este caso e, até ao momento, não obteve resposta.

Joana garante que foi ameaçada

 

Joana do “Big Brother” quebrou o silêncio para confirmar que foi ameaçada por Rui Pedro e que a GNR foi chamada aos estúdios da Venda do Pinheiro, a partir de onde as galas de domingo são emitidas.

“Todos os acontecimentos relatados sobre a noite de ontem correspondem à verdade. Várias pessoas viram e a GNR foi chamada ao local”, escreveu a ex-concorrente no Twitter.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

Veja também:
Rui Pedro reage a alegadas ameaças de morte a Joana: “Teria de ser imediatamente detido”
Rui Pedro ameaça Joana de morte nos bastidores

 

PUB
Top