Rui Veloso revela grave luta contra COVID-19: “Nem fome tinha. Perdi três quilos”

Rui Veloso assumiu que esteve infetado com COVID-19. Em entrevista a Fátima Campos Ferreira, na RTP1, o cantor falou sobre os sintomas que enfrentou e enviou uma mensagem aos negacionistas.

22 Fev 2021 | 11:54
-A +A

Rui Veloso esteve infetado com COVID-19. Foi o próprio artista, de 63 anos, a revelá-lo, em entrevista a Fátima Campos Ferreira, para o programa “Primeira Pessoa”. No formato da RTP1, explicou os sintomas que mais o afetaram, aproveitando para deixar um recado a todos aqueles que negam a existência do novo coronavírus.

“Não conseguia tocar… A pessoa fica cheia de febre e quer é ficar na cama. Ali, com dores de cabeça… É o que se quer… Nem fome tinha. Perdi três quilos”, explicou Rui Veloso à jornalista, acrescentando que “o pior” foi “a febre”. “Ela não passava. Todos os dias, media a febre e lá dava, outra vez, os 38 graus. E a dor de cabeça também chateia imenso. É um ‘capacete’, o dia todo. Mas, pronto, houve quem tivesse de ficar internado… Isso é muito pior!”, frisou.

Rui Veloso esteve infetado com COVID-19 durante “semanas” e, por isso, quis aproveitar a entrevista para se referir a todos os que negam que o vírus exista. “Inoculava-os com COVID, que é para eles perceberem como é”, atirou, em tom de brincadeira, para logo a seguir completar: “Com tanta gente a morrer pelo mundo fora, uma pessoa negar uma evidência é quase como negar a nossa própria existência. É muito estranho”.

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top