“Saí de lá muito mal”. Concorrente do Ídolos acusa programa de manipulação

Mariana Fernandes não passou à segunda fase do “Ídolos” e agora vem a público fazer graves acusações à produção: “Fui manipulada para ser um cromo”.

23 Abr 2022 | 22:00
-A +A

Uma concorrente do “Ídolos” acusa a produção de manipulação. Mariana Fernandes, de 17 anos, não passou à segunda fase e veio agora a público fazer graves acusações ao programa de talentos da SIC, cuja apresentação está nas mãos de Sara Matos.

Segundo a concorrente de “Ídolos”, a produção forçou-a a cantar k-pop, isto é, um tema em coreano, contra a sua vontade e a interpretação não convenceu os quatro jurados do concurso. Mariana Fernandes terminou a audição em lágrimas e, mais tarde, expressou toda a sua revolta através das redes sociais. “Os cromos que vocês vêem são selecionados de propósito para aparecem”, começou por dizer. “O que me lixou foi que eles descobriram que eu sei dançar (…) e aquilo que eu estava a dançar era k-pop. Levaram essa palavra [k-pop] até ao fim e fizeram disso a minha personalidade”, explicou.

Sem papas na língua, a concorrente de “Ídolos” revelou tudo o que aconteceu aos seguidores. “Ligaram-me dois dias antes de ir para Lisboa e insistiram para cantar k-pop. A minha resposta no momento foi: ‘K-pop não fica bem na minha voz’. E eles insistiam e diziam: ‘Canta uma música de k-pop animada’. Acho que não entendem a pressão que vocês são metidos naquele momento. Porque eu senti-me pressionada para cantar aquela merd*”, sublinhou e acrescentou: “Saí de lá muito mal. Fui manipulada para ser um cromo”. 

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Reprodução redes Sociais e D.R.

PUB