Sara Sampaio revoltada por não conseguir votar em Portugal

Sara Sampaio esteve na estreia do “Esta manhã”, da TVI, e contou um episódio insólito. A modelo portuguesa ficou revoltada por não conseguir votar em solo lusitano.

01 Fev 2021 | 15:30
-A +A

Sara Sampaio esteve à conversa com Iva Domingues na estreia da nova aposta da TVI, “Esta manhã”. Ao contar um episódio insólito durante a altura das eleições presidenciais em Portugal, mostrou ser um “grande exemplo de cidadania”, segundo a apresentadora da estação de Queluz de Baixo.

A modelo portuguesa, de 29 anos, revelou que veio a Portugal conhecer o novo elemento da família, uma bebé que tinha nascido há pouco tempo, e quis aproveitar a visita para votar. Porém, nem tudo correu como planeado.

“Pensei… Vou estar em Portugal, aproveito e posso votar lá. Depois, quando comecei a pesquisar… Percebi que mesmo sendo portuguesa, e estando em Portugal, não poderia exercer o meu voto, nem o antecipado nem o de eleição. Mandei email às embaixadas, à de Nova Iorque, onde estou registada, depois mandei a Los Angeles, que nem sequer está a funcionar… Percebi que para as eleições legislativas podes votar através do correio, pelo menos para nós emigrantes, nas presidenciais tens de ir lá pessoalmente”, frisou Sara Sampaio.

Por essa razão, a modelo decidiu alterar os planos de viagem para conseguir exercer o seu direito de voto. Voou até Nova Iorque, de propósito, e só em solo americano é que conseguiu votar: “Era suposto ficar em Portugal até ao final do mês, nem era para ir a Nova Iorque, vinha logo diretamente para Los Angeles. Falei com os meus agentes, perguntei se havia algum trabalho em Nova Iorque. Aproveitei fui mais cedo, votei e uns dias depois acabei por ter trabalho lá”, rematou.

Texto: Carolina Sousa Fotos: Redes sociais

Veja também:
Sara Sampaio arrasa completamente partido de André Ventura:”Cheirava a **** aqui perto” 
Está solteira! Sara Sampaio confirma fim de namoro com Oliver Ripley

PUB
Top