“Se têm algum problema, é com eles”: Marco Paulo está “magoado” e acusa TVI de mentir

Marco Paulo diz-se “magoado” depois de a TVI, ao cortar negociações com o cantor, ter sugerido “uma tentativa tosca e grosseira de especulação sobre o valor de mercado” do artista. O futuro é na SIC.

08 Mai 2021 | 11:11
-A +A

Marco Paulo, de 76 anos, é a nova estrela da SIC. Depois de várias aparições em antena, muitas das quais para travar estreias na TVI, o cantor assinou um contrato de dois anos com o canal de Paço de Arcos. A assinatura do vínculo contratual surge na sequência de uma polémica entre o artista e a estação de Queluz de Baixo.

Em março, a TV 7 Dias noticiou, em exclusivo, que Marco Paulo e a TVI estavam em conversações. Dias depois, o escândalo rebentou, com o canal da Media Capital a cortar as negociações, depois de fotografias de um encontro entre o cantor e Cristina Ferreira, a Diretora de Entretenimento e Ficção, serem publicadas por um jornal. E garantiu que partiu do próprio artista reunir-se com responsáveis da TVI, “num momento de negociação do seu contrato que possa estar a ocorrer com outro canal televisivo”. Leia-se SIC.

 

Marco Paulo sem filtros: “Senti-me magoado. Não achei elegante”

 

Agora, em declarações à Sexta, prestadas ainda antes de o contrato com a SIC ser oficializado, Marco Paulo veio lançar novas farpas à TVI. “Tenho um bom relacionamento com a SIC, tenho um bom relacionamento com a TVI mesmo que eles não queiram. Se eles têm algum problema, é com eles”, atirou o cantor.

“Da minha parte, não há nada”, assegurou, alegando que a TVI mentiu no comunicado emitido em que expõe a sua verdade sobre as negociações: “Eu é que fui atingido e falaram em coisas que não foi verdade. Senti-me magoado. Não se faz a uma pessoa que, não estando no canal diariamente, dá o seu trabalho, a sua voz e nunca foi remunerada por isso. Não achei elegante.”

 

TVI falou em “tentativa tosca e grosseira de especulação sobre o valor de mercado”

 

Na missiva lançada pela TVI, em março passado, a estação de Queluz de Baixo disse que “foi o cantor Marco Paulo que, por sua iniciativa, abordou a TVI no sentido de se disponibilizar para uma eventual colaboração com o canal e a seu pedido que se realizarem reuniões com alguns dos responsáveis do grupo”.

A TVI manifestou ainda a sua “estranheza” com as fotografias divulgadas pelo Correio da Manhã, em que o cantor surgia a reunir-se com Cristina Ferreira e outros responsáveis do canal. “Leva-nos a crer que por trás desta ação poderá existir uma tentativa tosca e grosseira de especulação sobre o valor de mercado de Marco Paulo”, sugeriu.

 

“Não existe qualquer interesse da parte da TVI na contratação de Marco Paulo”

 

A mesma publicação falou ainda num suposto almoço entre Marco Paulo e Mário Ferreira. A TVI garantiu, no mesmo comunicado, que tal encontro com o Presidente do Conselho de Administração da Media Capital “é falso”.

Desta forma, a estação encerrou as negociações que tinha em curso com o cantor. “Desejamos muita sorte a Marco Paulo na sua carreira que merece de todos nós o maior respeito e reconhecimento, mas reafirmamos que não existe qualquer interesse, nem no presente, nem no futuro, da parte da TVI na sua contratação e eventual colaboração com o canal, evitando assim a continuidade de notícias meramente especulativas, lesivas e falsas”, rematou a TVI.

 

Na edição desta semana da TV 7 Dias, Marco Paulo fala em exclusivo sobre o contrato de dois anos que assinou com a SIC, cujos planos incluem a produção de uma série biográfica e um programa em nome próprio. Já nas bancas!

 

TV 7 Dias

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top