Segredo absoluto: Família de Sara Carreira não vão divulgar detalhes sobre funeral

Tony Carreira e a família não vão revelar a data das cerimónias fúnebres de Sara Carreira. A jovem cantora tinha apenas 21 anos e morreu num acidente de viação.

07 Dez 2020 | 13:09
-A +A

As datas do velório e do funeral de Sara Carreira, que morreu, este sábado, 5 de dezembro, vítima de um aparatoso acidente, ainda não são conhecidas. Nem serão divulgadas pela família da jovem cantora.

A filha mais nova de Tony Carreira não resistiu aos ferimentos da colisão entre quatro veículos, tendo o óbito sido declarado no local. Até à data, não se sabe como serão as cerimónias fúnebres. Sabe-se apenas que o conhecido cantor e a família não vão divulgar qualquer informação sobre o assunto. Fonte oficial pediu compreensão para este momento dedicado.

Apesar de as causas do acidente que vitimou a mais nova dos três filhos de Tony Carreira e Fernanda Antunes ainda não serem oficialmente conhecidas, o cantor Leandro, que esteve com o pai de Ivo Lucas (o namorado de Sara Carreira) no local do acidente pouco depois de tudo acontecer, garante que o mesmo não foi motivado por excesso de velocidade mas sim por terceiros.

 

Tony Carreira e família pedem “paz e privacidade”

 

Tony Carreira e família quebram o silêncio após a morte de Sara Carreira, filha mais nova do cantor, num comunicado enviado às redações.

“Neste momento em que nos invade uma dor imensa e uma tristeza profunda, pedimos humildemente a todos, sobretudo à comunicação social, que nos permitam despedir da nossa Sara com a paz e com a privacidade que a nossa família neste momento precisa”, afirma a nota, sublinhando que “deve haver poucos momentos de dor que se assemelhem à perda de uma filha, uma irmã, uma menina, uma princesa”.

 

Veja um vídeo de homenagem a Sara Carreira:

 

 

Fadista e filha são as outras feridas

 

O acidente que vitimou Sara Carreira aconteceu, ao final da tarde do passado sábado, no quilómetro 61 da A1, no sentido Norte-Sul, próximo do nó de saída para o Cartaxo, e envolveu quatro viaturas. Aquela em que seguia a cantora era dirigida pelo namorado, que ficou com uma fratura exposta no braço.

Houve ainda registo de duas pessoas com ferimentos ligeiros, cujas identidades foram, entretanto, conhecidas. Tratam-se da fadista Cristina Branco e da filha desta, de dez anos. “Ontem, morreu a filha do Tony Carreira, a quem, sem o conhecer, só posso expressar a minha dor solidária. Podia ter morrido a minha filha mais nova e a sua mãe. Efetivamente, estiveram as duas envolvidas no choque em cadeia na A1, em Santarém, e, felizmente, saíram apenas com fraturas ósseas”, referiu, este domingo, o escritor Tiago Salazar, ex-companheiro de Cristina Branco e pai da menina ferida.

Sara Carreira era a mais nova dos três filhos de Tony Carreira e Fernanda Antunes, separados desde 2014. Tinha apenas 21 anos a dava os primeiros passos no mundo da música, seguindo, assim, o mesmo caminho profissional do que o pai e os irmãos, Mickael e David Carreira.

 

Texto: Ana Lúcia Sousa e Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
Perfil de Sara Carreira ganha mais 100 mil fãs após tragédia. Ator questiona “fenómeno”
Carolina Loureiro, “ex” de David Carreira, quebra o silêncio sobre morte de Sara Carreira

PUB
Top