EXCLUSIVO! SIC desmente aposta em reality show polémico: «Não tem cabimento»

Contactada pela TV 7 Dias, fonte oficial da SIC nega que a estação tenha escolhido o reality show Love Island para concorrer com Big Brother – A Revolução.

14 Ago 2020 | 21:00
-A +A

É mentira! Fonte oficial da SIC desmente categoricamente, em exclusivo à TV 7 Dias, que o canal vá apostar no reality show A Ilha do Amor, baseado no formato britânico Love Island, um verdadeiro fenómeno de audiências que o canal ITV transmite desde 2015. A notícia, avançada na edição desta semana da revista TV Guia, «não tem qualquer cabimento», reforça esta mesma fonte.

Segundo aquela publicação semanal, seria intenção da estação de Paço de Arcos apostar na versão portuguesa de Love Island para combater Big Brother – A Revolução, a nova edição do pai de todos os reality shows, que será apresentada na TVI por Teresa Guilherme, em substituição de Cláudio Ramos. Júlia Pinheiro seria a escolha do Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa, Daniel Oliveira, para a condução do formato. Mas tal não corresponde à verdade, segundo diz a própria SIC à TV 7 Dias.

 

Reality show polémico

 

Love Island, original que a SIC Radical emite, é um reality show recheado de polémicas. A ideia passa por fechar um grupo de jovens numa casa num ilha isolada (o inglês elegeu uma vila em Maiorca), onde os concorrentes têm de formar casais – sejam eles movidos por amor, dinheiro ou apenas amizade – de forma a ultrapassarem as eliminações. O casal vencedor recebe um prémio que pode ir dos 50 aos 80 mil euros.

Em Inglaterra, o programa está cheio de controvérsias, entre elas a morte, por suicídio, de várias pessoas ligadas à produção. Uma delas foi a apresentadora Caroline Flack, encontrada sem vida, aos 40 anos, em fevereiro passado, no seu apartamento em Londres. A anfitriã era o rosto de Love Island desde a estreia. Em dezembro, retirou-se depois de ter sido acusada de violência doméstica. O formato é agora conduzido por Laura Whitmore.

 

Texto: Dúlio Silva com Ana Filipe Silveira; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top