SIC esmaga TVI no “princípio, meio e fim”. Cristina Ferreira bate recorde… negativo

“Princípio, Meio e Fim”, com Bruno Nogueira, estreou-se líder de audiências. Posição idêntica tiveram os programas de Ricardo Araújo Pereira e Ljubomir Stanisic. Já Cristina Ferreira foi a mínimos.

12 Abr 2021 | 16:00
-A +A

Foi um domingo em grande para a SIC. No “princípio, meio e fim”. A estação de Paço de Arcos não deu hipóteses à TVI de manhã, de tarde e de noite, período em que estreou o novo programa de Bruno Nogueira.

Comecemos, precisamente, pelo fim. A emissão inaugural de “Princípio, Meio e Fim”, transmitida a partir da meia-noite, foi líder de audiências. O formato fidelizou à antena da SIC 495 mil e 900 espectadores, tendo registado 20,9% de quota de mercado. A TVI vice-liderou, com a reposição do roast a Toy.

A noite de entretenimento em Paço de Arcos arrancou, como é habitual, com “Isto é Gozar Com Quem Trabalha”. E, mais uma vez, Ricardo Araújo Pereira deu alegrias à SIC. O primeiro segmento obteve uma audiência média de 1 milhão e 572 mil espectadores – a melhor do ano, colocando o formato humorístico no topo da tabela dos programas mais vistos do dia – e registou 27,4% de share. A segunda parte, com a procuradora jubilada Maria José Morgado como convidada, agarrou à antena do canal 1 milhão e 455 mil espectadores, tendo assinalado 26% de quota de mercado.

 

Ljubomir Stanisic soma e segue. Cristina Ferreira vai a mínimos

 

Seguiu-se mais uma sessão de “Hell’s Kitchen”, com todos os blocos a garantirem igualmente a liderança das audiências. O primeiro segmento foi o mais visto, com 1 milhão e 317 mil espectadores e 25,4% de share. “Postos à Prova” captou a atenção de 1 milhão e 230 mil espectadores, com 26,1% de quota de mercado, e “Feitos ao Bife” estacionou com uma audiência média de 1 milhão e 119 mil espectadores e 27% de share.

Os resultados obtidos por Ljubomir Stanisic contrastam com os números registados por Cristina Ferreira. “All Together Now” não aguentou o confronto com “Hell’s Kitchen” e foi a mínimos, com 1 milhão e 56 mil indivíduos ligados à TVI. O talent show registou 21,8% de quota de mercado.

Também “The Voice Kids”, da RTP1, marcou o pior valor da temporada. O programa conduzido por Catarina Furtado captou a atenção de apenas 620 mil e 400 espectadores, tendo-se ficado pelos 14% de share.

 

SIC festeja 200 vitórias consecutivas de “Primeiro Jornal”

 

À tarde, o cenário foi idêntico. “Domingão” voltou a derrotar “Somos Portugal”, desta vez com uma diferença de menos de 100 mil espectadores. O primeiro agarrou à SIC 688 mil e 400 espectadores, com 17,8% de quota de mercado. Já o vespertino da TVI fixou-se nos 603 mil e 900 espectadores e nos 15,7% de share. “Hoje é Domingo!”, da RTP1, não foi além dos 495 mil e 900 espectadores, com uma quota de mercado de 20,9%.

Antes, a arrancar a tarde, “Primeiro Jornal” atingiu 200 dias consecutivos de liderança no horário. O noticiário da SIC foi acompanhado por uma média de 1 milhão e 271 mil espectadores, com 31,9% de share. Na TVI, “Jornal da Uma” foi visto por 746 mil e 200 indivíduos, com 18,7% de quota de mercado. Na terceira posição, “Jornal da Tarde” fidelizou à RTP1 443 mil e 200 espectadores, com 11,2% de share.

Nas contas gerais deste domingo, a SIC voltou a ser o canal mais visto em Portugal, com 20,3% de quota de mercado. Seguiu-se a TVI, com 16,3% de share, e a RTP1, com 9,6%.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Divulgação SIC e reprodução redes sociais

PUB
Top