Sofia Alves fez revelações sobre problemas de saúde que teve no passado

Sofia Alves revelou a Júlia Pinheiro alguns acontecimentos marcantes da sua infância e os problemas de saúde que atravessou ao longo da vida.

08 Out 2020 | 21:40
-A +A

Sofia Alves esteve à conversa com Júlia Pinheiro, esta tarde (08), e recordou a luta contra o cancro da pele que travou. A atriz contou ainda o milagre em Fátima que lhe mudou a vida e explica como nasceu a sua devoção. Sofia Alves conta ainda como aos dois anos correu risco de vida e como uma médica lhe salvou a vida.

«Nasci em Angola e vim um mês antes do 25 de abril para Portugal. Era uma bebé saudável, já nasci a rir. Segundo me contam eu tive imensos problemas de saúde, apanhei varicela, robeula e uma doença recolheu a outra, ou seja, à medida que estavam a tratar um problema, o outro estava a agravar e estava recolhido. De modo que quanto mais medicação recebia mais agravava», diz.

Júlia Pinheiro questiona se houve algum momento em que Sofia ficou tão mal ao ponto de chamar um padre para dar a extrema unção. «Não sei se foi extrema unção, mas de facto disseram que não havia nada a fazer. O médico ia a casa, iam comigo para os hospitais e nunca havia nada a fazer. Mas houve uma médica extraordinária que tinha tido um caso igualzinho ao meu, na altura no Algarve e disse o que é que se passava comigo. E foi ela que me salvou. Foi a mão de Nossa Senhora… A médica naquela altura salvou-me porque os médicos já achavam que não ia sobreviver. Mas estou aqui», disse a sorrir.

Mas as maleitas de Sofia Alves não se ficaram por aqui. A atriz, entretanto, perdeu a audição. «Fiquei surda entre os cinco e seis anos. Tive imensos problemas, tive anemia, ainda hoje tenho e tomo medicação para compensar problemas de ferro… Tive hepatite… Não deram conta, porque eu comecei a andar muito tarde por volta dos dois anos, mas comecei a falar aos nove meses, e por isso não perceberam que eu não ouvia. Eu lia nos lábios», explica para recordar umas palmadas que levou por acharem que Sofia estava apenas a ser teimosa. «Lembro-me que estava de costas (não conseguindo por isso ler nos lábios o que diziam) e não ouvia e levei umas palmadas por isso. Marcou-me porque eu não percebi porque levei as palmadas», assume.

 

Sofia Alves quis ser freira

Sofia Alves revelou que não queria ir ao primeiro casting aos 16 anos, para o filme de Manuel Oliveira. Mas foi e ficou. «Ele é que me descobriu e é graças a ele que sou atriz. Na altura queria ser relações públicas. Ele não se enganou que ia ser atriz», explicou. Sofia Alves revela ainda que em pequena queria ser freira, depois de ter visto o Papa João Paulo II. «Ele passa no Papamóvel, olha para mim e abençoou-me com o incenso. Foi um momento único. Ele olhava para as pessoas, eu senti que foi para mim, fui vista e isso marcou-me até hoje», recorda.

Mais tarde, a atriz passou por um verdadeiro milagre como lhe chama, mas já com o Papa Ratzinger quando veio a Fátima. «Eu ia completamente despreparada para o que acontece em Fátima. Ia contrariada, confesso. O meu marido gostava do Papa Ratzinger, nós estávamos no recinto como milhares de fiéis à espera e de repente vejo helicóptero a sobrevoar muito baixinho e eu começo a ficar arrepiada, emocionada, e de repente dá-se algo que eu não consigo explicar só de o ver a sobrevoar e só aquele acenar… e quando há um momento de silêncio em que Ele está oferecer a rosa de ouro aos pés de nossa Senhora, – até hoje não consigo explicar o que se deu -, eu caio de joelhos numa convulsão, houve uma transformação na minha vida, e quando olho para o lado vejo toda a gente na mesma situação que eu», diz.

«Fomos milhares de pessoas que naquele momento fomos tocadas pelo Espírito Santo, por algo sobrenatural… Foi como se visse a minha vida toda naquele momento», recorda explicando que a partir daquele dia Fátima teve um papel muito importante na sua vida. «Foi um milagre. Não sabia que aquele homem tinha o Espírito Santo daquela maneira. De repente tive necessidade de me voltar para a fé, rezo de manhã, ao meio dia, às três da tarde (hora da divina misericórdia), rezo à noite. A partir daquele momento, o meu caminho faz-se com orientação espiritual e completamente devota. Tenho uma casa em Fátima», sublinha.

 

Sofia Alves teve cancro de pele

Sofia Alves recordou a luta que travou contra um cancro na pele, aos 40 anos. «É daquelas coisas que julgamos que acontecem aos outros. Estive um ano com um problema na zona inguinal direita, um sinal mínimo e ficou quase do tamanho do dedo, era grande, negro e tinha relevo e sangrava imenso. Tinha imensa vergonha porque achava que era uma verruga e andava sempre a tapar e sempre a esconder e nem nunca penso ir ao médico por isso. O Celso uma vez disse-me para ver porque eu andava sempre a tapar, quando torei ele assustou-se e mandou-me marcar consulta», conta. A atriz foi ao médico e percebeu de imediato que algo se passava.

«Mas sempre a achar que não deveria ser nada de tão complicado. Quem recebeu a carta foi o Celso e acho que ainda foi mais traumatizado para ele. Já estava no limite, já estava a chegar ao osso. Fiz uma intervenção, não correu bem, fiz a segunda felizmente a quimio foi oral e tudo correu lindamente. Quando vejo a Bárbara Guimarães, o caso do Marco Paulo e tantas pessoas que conheço e que se cruzam no meu caminho… é tão estúpido estar a falar de mim… E não foi excesso de sol», recorda.

A atriz admite que se assustou ao perceber que tinha cancro de pele e que fez muitas questões. «Pensei e agira? Como vai ser a minha vida? Mas há sempre a esperança, Tenho um grande homem ao lado e o amor também ajuda muito», sublinha.

 

O milagre de Padre Pio

Sofia Alves recorda ainda uma vez que algo sobrenatural aconteceu. A atriz começou a ver um filme sobre Padre Pio, mas ocmo era muito grande fechou o computador e foi dormir. «A meio da noite não sei o que aconteceu, mas o computador abriu, o filme começou a dar com a música do Padre Pio a passar. Apanhámos um susto na nossa vida. no dia a seguir fui ver o filme e foi um momento…», diz ao mesmo tempo que se emociona. «É ele que toma conta de mim», garante a atriz que se mudou para Viseu onde vive num Solar.

A atriz vai entrar na próxima novela da SIC que será gravada na Serra da Estrela. Sofia Alves será a protagonista na nova trama.

 

Sofia Alves casou-se duas vezes com Celso Cleto

Sofia Alves revelou que casou duas vezes com o mesmo homem, Celso Cleto. «Casamos pelo civil e depois pela igreja. Casamos no dia 2 de janeiro e ligamos aos amigos no dia 1 para irem almoçar connosco, como um convívio de inicio do ano. Quando la chegaram estávamos nós vestidos de noivos».

Celso Cleto surpreendeu a atriz em estúdio e levou-lhe um ramo de flores. «Já a conhecia, depois fomos trabalhar juntos e as coisas aconteceram. Estamos sempre a namorar», diz.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Redes Sociais

 

Leia ainda:
EXCLUSIVO! Sofia Alves conta tudo sobre regresso à SIC após várias negas
Sofia Alves volta à SIC 20 anos depois: «Vai ser o papel da minha vida»

PUB
Top