Sofia Alves operada aos ovários. Atriz afastada de “A Serra” (EXCLUSIVO)

Sofia Alves está temporariamente afastada das gravações da novela da SIC “A Serra” por causa de uma operação para remover quistos nos ovários. “A cirurgia já estava programada”, contam à TV 7 Dias.

11 Mar 2021 | 16:36
-A +A

Sofia Alves, de 47 anos, está internada no Hospital da Luz, em Lisboa. A TV 7 Dias sabe que a atriz foi operada, esta quinta-feira, “para retirar quistos dos ovários”. “A cirurgia já estava programada”, garantem-nos.

Como consequência, Sofia Alves está temporariamente afastada das gravações da novela da SIC “A Serra”, de que é protagonista. “Ela já não gravou esta semana”, conta à TV 7 Dias uma fonte próxima da atriz.

 

Sofia Alves recorda luta contra doenças em conversa com Daniel Oliveira

 

No passado mês de fevereiro, em entrevista a Daniel Oliveira, para o programa “Alta Definição”, Sofia Alves recordou as doenças que foi enfrentando ao longo da vida. “Aos dois anos, tive uma doença e os médicos diziam que não havia hipótese nenhuma de sobrevivência. Foi um período negro na vida dos meus pais. Eu tinha febres altíssimas, convulsões, depois apanhei hepatite”, começou por contar, acrescentando: “Foi numas Urgências, no hospital, que eles encontram uma médica que lhes disse que sabia o que eu tinha e que me ia salvar. Houve ali a mão de Deus.”

Dos cinco para os seis anos, perdi a audição. Lembro-me de umas palmadas que levei por acharem que era desobediência e isso marcou-me. Quando deram conta, foram a correr à procura de um especialista e era um valor incalculável. Mesmo com a ajuda dos amigos, não havia dinheiro para pagar”, prosseguiu, sublinhando que aquele homem foi, mais uma vez, o seu “anjo da guarda”: “Esse médico disse ‘ela não vai deixar de ser operada e ficar surda, porque vocês não têm dinheiro. Eu vou operá-la’. E salvou-me”.

Em 2013, Sofia Alves foi diagnosticada com um cancro. “É nessas alturas que vais buscar a fé para saber lidar com aquilo, para pedir ajuda, para pedir a vida, pedir mais algum tempo. É Deus que me pode salvar e é e lá que eu vou pedir”, disse, falando ainda da importância do marido, o encenador Celso Cleto, em todo o processo: “Ele deu-me a notícia e disse ‘vamos ultrapassar isto, vamos ser fortes’”.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e Divulgação SIC

PUB