Sofia Ribeiro presa dentro de avião durante onze horas

Sofia Ribeiro recorreu ao seu Instagram, este domingo, dia 26 de novembro, para partilhar com os seguidores que esteve presa dentro de um avião.

26 Nov 2023 | 21:45
-A +A

As gravações de Mar Aberto iniciaram de forma atribulada, Sofia Ribeiro recorreu ao seu Instagram, este domingo, dia 26 de novembro, para partilhar com os seguidores uma situação de pânico total. A atriz esteve presa dentro de um avião, juntamente com outros atores e membros da equipa técnica, que se preparam para gravar a trama nos Açores: “Eu nem sei o que diga (…) há onze horas nesta brincadeira. Onze horas”, começou por dizer.

Leia ainda: Sofia Ribeiro deslumbra em evento em Milão: Maravilhosa mulher

“Agora parámos o avião em Ponta Delgada porque terminou o combustível. Andávamos a rodar porque na Terceira não dá para aterrar, está temporal“, acrescentou Sofia Ribeiro. “Eu recomendo, acho que é porreiro. Deviam de experimentar”, brincou. Percorra a galeria acima e veja o vídeo.

Mar Aberto: Descobrimos a personagem secreta de Sofia Ribeiro

Com o nome provisório Mar Aberto, a próxima novela da SIC, irá ser gravada maioritariamente na Ilha Terceira, nos Açores e é uma história sobre resiliência, sobre amor incondicional, sobre a esperança e a falta dela. Mar Aberto marca a estreia de Sofia Ribeiro nas novelas da SIC, depois de um percurso de 15 anos na TVI, e o personagem da atriz foi escrito de propósito para si.

TV 7 Dias desvenda-lhe já em primeira mão, como será o papel da protagonista. Na trama ela dará vida a Joana, uma mulher que chega a nado a uma praia na ilha Terceira, a lutar pela vida. Acabou de fazer 36 anos, uns dias antes, e de descobrir que está grávida. A notícia seria de uma grande felicidade para uma mulher que quer muito ser mãe, mas ela tem um problema: Alexandre (Pedro Hossi), o marido, ainda não sabe da gravidez e Joana teme que ele não a aceite. Ele é controlador e violento. Quando fica a saber da gravidez, Alex ameaça a mulher e aponta-lhe uma arma. E Joana foge, a meio da noite, no meio da cidade. Em desespero entra num veleiro que está na doca de Belém. Acaba por adormecer e algumas horas depois, acorda em mar aberto. O veleiro em que entrou ruma aos Açores e os donos da embarcação não são pessoas de confiança. Joana percebe que estão metidos em algum negócio ilícito e que pode ter fugido de uma ameaça para cair noutra.

Texto: Sofia Mendes com Neuza Silva
Fotos: Redes sociais
PUB