Sporting reage à morte de Maria José Valério: “Vai soar eternamente nos nossos corações”

O Sporting Clube de Portugal, clube acarinhado por Maria José Valério, já reagiu com uma sentida mensagem à morte de um dos ícones do universo sportinguista

03 Mar 2021 | 11:05
-A +A

Maria José Valério morreu esta quarta-feira, dia 3 de março, aos 87 anos, vítima de covid-19. O Sporting Clube de Portugal, de quem era uma fervorosa adepta e que dava voz à “Marcha do Sporting”, já reagiu à triste notícia, apresentando as condolências por esta perda.

“Criou e cantou a marcha que é a de todos nós. Cantam todos os do Sporting, desde os netos até aos avós. A sua voz vai soar eternamente nos nossos corações”, pode ler-se. 

“Até sempre, Maria José Valério”, está escrito na legenda.

A cancionista, que estava a viver na Casa do Artista, partiu aos 87 anos, tendo falecido no Hospital de Santa Maria, onde estava internada.

Na sua carreira, ficou conhecida por eternizar a voz da “Marcha do Sporting” e interpretar a música “Menina dos Telefones”, em 1961.

TV 7 Dias avançou internamento de Maria José Valério

No dia 21 de fevereiro, a TV 7 Dias noticiou o surto de covid-19 na Casa do Artista e o internamento de Maria José Valério. A cantora contraiu o novo coronavírus e foi levada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde se encontrava, à data, “estável”.

A notícia fora avançada à TV 7 Dias por várias fontes ligadas à artista e, entretanto, confirmada por familiares de Maria José Valério numa página de Facebook a ela dedicada. “Na passada quinta-feira, fomos informados pela mesma [diretora técnica da Casa do Artista] de que a nossa prima se recusava a tomar a medicação. Pior: além da medicação indicada, também nunca tomou a outra medicação que tem de tomar diariamente, tendo a enfermeira encontrado toda a medicação escondida numa caixa“, contam. Continue a ler aqui.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

PUB
Top