Substituto de Zé do Pipo estreia-se em televisão e homenageia o artista!

Manel do Barril esteve pela primeira vez em televisão. O cantor é o substituto de Zé do Pipo, que desapareceu em setembro de 2018.

23 Mar 2019 | 16:20
-A +A

Manel do Barril foi um dos convidados deste sábado, 23 de março, do programa de Olhó Baião, da SIC. Esta é a primeira aparição em televisão desde que substituiu Zé do Pipo, a quem dava vida Nuno Batista. Em estúdio, esteve também João Carlos Costa, animador de rádio e apresentador de espetáculos, que conhecia o artista que está desaparecido desde novembro de 2018.

Triste com o desaparecimento do amigo, garantiu que a continuidade do projeto, embora com outro nome, é uma maneira de perpetuar a memória de Nuno Batista. «O desaparecimento de um amigo é falar de uma coisa triste, ele era uma pessoa que nos dava energia e fazia que nos sentíssemos bem. Foi uma notícia que nos deixou a todos sem chão», refere. «É, na minha opinião, a melhor maneira de honrar o Zé do Pipo […] Nada se cria, tudo se transforma. Eu acho que o Nuno quando já estava doente, mesmo antes de acontecer esta tragédia, estava a dar continuidade a este projeto», explica.

Espreite: Mulher de Zé do Pipo APAGA MEMÓRIAS do marido

 

«É apenas a sequência de um sonho do qual o Nuno fazia parte»

João Carlos Costa rejeita que o Manel do Barril seja uma falta de respeito para com a família de Zé do Pipo. «As pessoas têm de perceber que o Manel do Barril é apenas a sequência de um sonho do qual o Nuno fazia e faz parte, algumas canções deste projeto são dele. É muito triste, muito ambíguo falar de uma coisa que é o desaparecimento de um  grande amigo, mas eu acredito que nós podemos tomar desta grande ideia o grande exemplo de nos apercebermos que ao nosso lado – pode ser o nosso vizinho – há pessoas que sofrem em silêncio e que não nos dizem e estão prestes a fazer aquilo que o Nuno fez».

O carro de Nuno Batista foi encontrado perto de uma falésia em Peniche e muitos acreditam na tese de suicídio, dado que o cantor tinha uma depressão profunda.

«A vida são só dois dias, então temos de continuar com este projeto, porque a esposa e os filhos estão vivos, honrar este projeto de que ele fez parte», acrescenta. «Este projeto é o Nuno ainda vivo entre nós, é a única maneira de lhe dar continuidade, e enquanto não esquecermos o Zé do Pipo e o Manel do Barril estamos a dar vida ao Nuno», acredita.

Recorde: Bailarina NEGA FUGA com Zé do Pipo

 

No estúdio da SIC surgiu então o artista que dá vida ao substituto de Zé do Pipo para cantar dois temas do novo álbum, acompanhado pelas bailarinas, que agora respondem pelo nome de barriletes. O primeiro tema apresentado por Manel do Barril foi escrito por Nuno Batista. «O tema chama-se ‘Só em Peniche (a mete em pé)’ e é uma homenagem do Nuno à sua terra».

No final, o artista que dá vida ao Manel do Barril mostrou-se contente com o projeto. «É um grande desafio e tenho ao meu lado as barriletes que têm muita experiência e estão aqui para me acompanhar e para fazer a malta dançar.»

Texto: Redação Win – Conteúdos Digitais| Fotos: reprodução redes sociais  

 

PUB
Top