Tatanka ‘passa-se’ com concorrente do Ídolos: “É uma cena a sério ou estás a curtir?”

Filipe Martins, concorrente do “Ídolos”, causou algum desconforto a Tatanka pela forma como interpretou a canção “Grândola, Vila Morena”, de Zeca Afonso.

24 Abr 2022 | 19:30
-A +A

Filipe Martins tentou a sua sorte no “Ídolos”, da SIC, mas a primeira audição perante os jurados causou algum nervosismo, uma vez que a escolha do tema inicial – uma versão de “Grândola, Vila Morena”, de Zeca Afonso – não agradou a todos. O músico, de 26 anos, que revelou ser agrónomo e também manager de outros artistas, alterou a letra da canção e acabou por ser interrompido por Tatanka.

“Espera aí Filipe. Estás a achar que isto é uma cena a sério ou estás a curtir?”, perguntou. “É uma cena a sério e a curtir” respondeu o concorrente do “Ídolos”. “Posso ser muito franco contigo, Filipe? Tu és o gajo com mais postura, mais pausa e mais bonito que entrou aqui…”, disse Tatanka, enquanto Martim Sousa Tavares acrescentou que assobiava muito bem. “Assobiavas parecias um rouxinol, mas depois entraste ali num campo muito delicado, que é assassinar uma música destas e eu tive que mandar parar”, afirmou o jurado do “Ídolos”, perguntando se ele tinha outra ‘arma’ na manga que pudesse inverter a situação.

 

Jurado do Ídolos: “Vou bater-me por ti”

 

Foi então que Filipe Martins, que toca guitarra desde os nove anos, começou a cantar a “Canção do Engate”, de António Variações. No final, Martim Sousa Tavares afirmou: “Se esta malta não te quiser passar, eu vou bater-me por ti, porque estou a ver-te a limpar o ‘Ídolos'”.

O maestro explicou porquê: “Quando o Tatanka entrou a pés juntos, eu até achei que o que tu estavas a fazer era mesmo ilegal, porque não se pode agarrar numa melodia e por outra letra, mas tu fizeste o contrário. Foste ao original e olhaste para aquilo como o Picasso olhou para o Velázquez (…) e acho que isso é um sinónimo de que o teu cérebro é fértil, tu consegues agarrar em coisas e transformá-las”, afirmou Martim Sousa Tavares, adiantando ainda que com o tema de António Variações o concorrente do “Ídolos” estava “numa situação de aperto, mas sem nunca deixar cair a ‘boa pinta’ que tens”. “Concordo com o Martim, Acho que tens condições para encantar Portugal. Leva-te a sério e cuidado com o falsetes mal dados”, aconselhou ainda Tatanka.

Veja o momento aqui.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Reprodução redes sociais

PUB