Tatiana Boa Nova feliz mas ansiosa: «Ser mãe é pior do que imaginava»

Oito meses depois do nascimento de Lourenço, Tatiana assume que se tornou mais ansiosa, enquanto Rúben a elogia enquanto mãe.

08 Set 2019 | 11:50
-A +A

Foi a 21 de dezembro de 2018 que Rúben e Tatiana foram pais pela primeira vez. Oito meses volvidos, o casal partilha com a TV 7 Dias como tem lidado com a experiência. «Tem sido incrível», dispara, de imediato, Tatiana, contando que todos os dias Lourenço os surpreende. «Ou é uma letra que palra ou um som novo», explica, contando de seguida: «Já diz mamã e papá também.»

Com o pequeno Lourenço no colo e a felicidade espelhada no rosto, a ex–concorrente da Casa dos Segredos assegura que, em termos de personalidade, o filho sai a Rúben. «É rebelde e gosta das coisas à maneira dele, como o pai… tem um feitio complicado», diz, sob o olhar atento do marido, que responde entre risos: «E é chato como a mãe.»

Já relativamente ao facto de Lourenço estar mais agarrado a Tatiana, uma vez que passa mais tempo com ela, não há discórdia. «Eu fico as manhãs todas em casa com ele, só à tarde é que venho para a loja e quando não tenho ninguém para me substituir. E depois à noite sou eu que cuido também. Dou a sopinha, o banho, o leite, e adormeço-o», conta a empresária, que tem em sociedade com o marido a loja de roupa Swaglissimo Clothes, onde trabalha, e a Barbearia da Rua, pela qual ele é responsável.

Reconhecendo o trabalho que a mulher tem feito com o filho, Rúben elogia: «A Tatiana é uma supermãe! Tem-me surpreendido pela positiva. Não estava à espera, pensei que ia ficar um bocadinho à sombra da bananeira.» Em relação ao barbeiro, Tatiana conta: «O Rúben ajuda, brinca com ele e trabalha para sustentar o bebé.» No entanto, considera: «Ele agora só pensa em trabalho, nem descansa, não dorme a pensar no que tem para fazer no dia a seguir. Não quer que falte nada. São duas lojas para sustentar, a casa para sustentar, o bebé e as despesas normais do dia-a-dia.»

Um maior sentido de responsabilidade foi algo que mudou em Rúben, com o nascimento do filho. Tatiana acrescenta que o marido também a surpreendeu por ser «muito carinhoso e afável com o Lourenço». Algo que não esperava, por sempre o ter ouvido dizer que seria «um pai rígido». «Ele sempre disse que o Lourenço ia ter uma educação muito regrada, porque não quer que o nosso filho seja uma criança mal-comportada. Por isso, a parte de educar é com ele, mas tem-me surpreendido pela positiva na parte do carinho», assegura a morena. Ele confirma: «Eu é que o vou educar, não gosto de má educação. Mas há tempo para tudo, há tempo para brincar e tempo para educar.» Apesar de estar completamente fascinada com a maternidade e, por isso mesmo, confidencie que, «se fosse hoje, tinha-o feito mais cedo»,

Tatiana confessa que o nascimento do filho a tornou mais ansiosa. «Eu vivo preocupada, acordo de noite para ver se ele está a respirar! Preocupo-me muito! Ser mãe é pior do que imaginava, no sentido em que ele agora passou a ser a minha prioridade número um e eu já não consigo imaginar a minha vida sem ele. Eu tenho muito essa paranóia, esse medo de lhe acontecer alguma coisa… É mais preocupante do que eu pensava; pensava que ia ser mais tranquilo, mas não», explica.

Quanto à relação como casal, esta também sofreu uma pequena pequena alteração. «Temos menos tempo para nós», diz Rúben, apoiado pela mulher. «Sim, temos menos tempo, mas às vezes, ao fim de semana, quando queremos ter um tempo mais para nós, o Lourenço fica com a avó e nós vamos jantar só os dois, e também já fomos de férias para Paris sem ele», conta, assegurando de seguida que, ainda assim, a relação está ainda mais forte. «Mas ele veio acrescentar. O meu menino é a coisa mais maravilhosa do Mundo e não o trocava por nada», garante Tatiana, que por sua vontade seria mãe novamente já para o ano. «Queria tentar a menina e não queria que o meu filho fosse filho único», diz. No entanto, Rúben discorda: «Para já, não! E, para mim, um está bom.»

 

O anjinho da guarda

 

Apesar de toda a felicidade que o filho trouxe à sua vida, Tatiana lamenta que Lourenço não tenha oportunidade de conhecer o avô materno, que faleceu em 2013, vítima de cancro no pulmão. «Tenho muita pena mesmo, até porque o meu pai sempre foi um avô muito apegado aos netos, se calhar até mais aos netos do que aos filhos. Mas ele está a ver tudo lá de cima, é tipo um anjinho da guarda», confidenciou a ex-concorrente da Casa dos Segredos, que enaltece o facto de ter a ajuda dos sogros e da mãe na educação e nos cuidados com o bebé. «À tarde, quando vou para a loja, ele fica metade da semana com uma avó e a outra metade com a outra», conta.

 

VEJA TAMBÉM:
Tatiana e Ruben Boa Nova levantam suspeitas de segunda gravidez: «Vem lá bebé»
Tatiana responde a más-línguas que a criticaram por deixar filho para ir para o Like Me

Texto: Susana Meireles | Fotos: Liliana Silva, Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

(texto originalmente publicado na edição nº 1694 da TV 7 Dias)

PUB
Top