Tatiana e Bruno de Casados deixam «conselho para a vida»: «faça amor e não guerra»

A semana de campo dos casais de Casados à Primeira Vista começou com estes a escreverem uma mensagem e a plantarem uma árvore. Veja o que escreveram!

17 Dez 2019 | 9:50
-A +A

Os casais de Casados à Primeira Vista iniciaram a semana a fazer acampamento selvagem na zona de Montargil. A Inês, Hugo, Marta, Luís, Tatiana, Bruno, Paulo, Lurdes, Liliana e Pedro foi pedido que escrevessem uma mensagem para uma geração futura e que plantassem uma árvore juntamente com a carta escrita.

Inês e Hugo optaram por deixar uma mensagem motivacional, afirmando que «todos os dias o sol nasce e nos é dada mais uma oportunidade de evoluir, renovar e acreditar. Por isso, adormece hoje com a convicção de que fizeste tudo possível para ser feliz».

Já Luís, Marta, Tatiana e Bruno acabaram por mencionar a história vivida no programa da SIC. Marta e Luís concordaram que «qualquer relacionamento é uma montanha russa mas se acreditarem que vale a pena e trabalharem para isso o resultado, qualquer que seja, só pode ser feliz. Tudo acontece por um motivo».

Por fim, Tatiana e Bruno referiram os «muitos altos e baixos» desta experiência, no entanto há conselhos que queirem deixar para que não sejam cometidos os mesmos erros que estes cometeram. «O nosso conselho é: sejam o mais verdadeiros possíveis, criem uma bolha bonita entre vocês, divirtam-se acima de tudo, não se deitem com assuntos por resolver, não desistam da relação. Ps: um grande conselho para a vida: faça amor e não guerra», escreveram.

Bruno aproveitou a atividade para, mais uma vez, dar o ar da sua graça e brincar, dizendo: «Um homem para ser homem e uma mulher para ser mulher têm que escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore». Posto isto, ao comercial apenas falta «escrever o livro».

 

«Está ali mesmo no meu limite»

E se para todos os casais esta experiência se pode tornar divertida e enriquecedora, para Marta pode revelar-se um problema. A jornalista não esconde que acampar não é um dos seus hobbies e que, embora não se importe «de dormir um bocadinho pior, numa tenda ou mais desconfortável ou num solo que não é tão simpático» que não descura da higiene. «A parte de não haver casa de banho e não haver condições para tomar banho aí está mesmo no meu limite», afirmou.

Texto: Marisa Simões; Fotos: Divulgação SIC

 

Leia ainda:
Casados à Primeira Vista: Casais dão o tudo ou nada antes do verdadeiro «sim»
EXCLUSIVO! Pedro de Casados e Soraia de Agricultor saem juntos e revelam cumplicidade

PUB