Teresa arrasa Diogo e Ana Catharina: «Como é possível abrir-se as pernas em dois dias?»

Teresa foi implacável com Diogo e Ana Catharina depois de ter descoberto que os dois se tinham envolvido no interior da casa mais vigiada do País. Nas costas dos visados, deu a sua polémica opinião.

06 Jul 2020 | 20:04
-A +A

Não era segredo para o público que acompanha a casa mais vigiada do País, mas para os colegas com quem habitam o cenário era bem diferente. Até este domingo. Depois de terem optado por não revelar aos outros concorrentes que se tinham envolvido, Diogo e Ana Catharina viram a sua relação exposta em imagens transmitidas no decorrer da gala do Big Brother 2020.

Os intensos beijos na boca trocados entre os dois surpreenderam tudo e todos, em especial Soraia e Sandrina. Já depois da emissão conduzida por Cláudio Ramos, Teresa foi abordada pelo soberano no confessionário. Consternada com a expulsão de Jéssica, a mãe de Tierry Vilson acabou por revelar a opinião que tem em relação ao novo casal. E não foi meiga nas palavras.

«É tudo jogo… Tudo isto é jogo! Por amor de Deus…», começou por disparar Teresa, nomeada esta semana. «Está a falar das plantas?», questionou o Big Brother, usando um termo que a própria concorrente escolhera, durante a semana, para definir os participantes que, na sua opinião, não têm qualquer envolvência no jogo, não dando a sua opinião nem intervindo como ela própria gostaria de ver.

Teresa foi implacável na resposta. «Como é possível, em dois dias, abrir-se as pernas, abrir e pôr as pernas em cima de outra pessoa, quando é uma pessoa que ‘ai meu Deus do céu’? Depois, de repente, deixa de ser», criticou duramente a mãe do ex-concorrente da Casa dos Segredos, também da TVI.

Além de Teresa, estão em risco de abandonar o jogo Daniel Guerreiro, Diogo e Noélia. Pela primeira vez, a votação é pela positiva, ou seja, o jogador que menor percentagem de votos tiver será expulso.

 

Jéssica envia avião para Pedro Alves

 

Menos de 24 horas depois de Jéssica ter sido expulsa do Big Brother 2020, um avião com uma mensagem assinada pela agora ex-concorrente para Pedro Alves sobrevoou os céus da Ericeira. A empresária da Suíça tinha combinado com o namorado, que também estava a ponderar abandonar a competição, que iria enviar um avião a dizer se estava ou não tudo bem na vida real.

«Força. Contigo até à final. Está tudo bem», leram em voz alta os restantes concorrentes. Aliviado, o nortenho desabou em lágrimas e foi Daniel Guerreiro o primeiro a abraçá-lo. «Fica tranquilo, respira de alívio», afirmou o hipnoterapeuta.

Apesar de estar a chorar, Pedro Alves mostrou-se mais tranquilo por saber que Jéssica estaria com a sua melhor amiga, Marisa. Percebeu isso porque no avião vinha escrito um género de código secreto, com as iniciais das duas. «Amo-vos», gritou, em plenos pulmões, o líder da semana.

«Marisa, toma conta dessa pequenina. É muito importante», pediu à melhor amiga. O concorrente, que ganhou esta semana uma imunidade, aproveitou para se declarar mais uma vez à amada. «Sinto muitas saudades tuas. Não sei como vou aguentar tanto tempo aqui sem ti, sem o teu cheirinho, sem o teu abraço, sem o teu toque ao adormecer e ao acordar. Mas será por nós.»

O vendedor imobiliário pediu ainda aos amigos para integrarem Jéssica no seu grupo: «Quero que te insiram no nosso grupo onde estão todos». «Amo-te muito, meu amor», rematou, emocionado.

 

VEJA TAMBÉM:
Diogo assume luta contra depressão e fala em desistir do Big Brother
Diogo faz striptease, mostra demais e Big Brother intervém!

 

Texto: Dúlio Silva e Inês Borges; Fotografias: reprodução TVI e redes sociais

PUB
Top