Teresa Tavares fala sem tabus da sua carreira, ambições e do papel de mãe

Teresa Tavares iniciou a carreira aos 17 anos em Jardins Proibidos e, hoje aos 40 anos, é uma das atrizes da sua geração que mais tem trabalhado em teatro, cinema e televisão.

05 Jan 2024 | 9:00
-A +A

Teresa Tavares é um rosto bem conhecido do público e me breve vai surgir nos ecrãs da TVI na no novela Cacau, na pele da advogada Vitória. “ Está a ser muito bom. É um personagem com o qual eu me divirto muito. A novela ainda não começou e não posso revelar muito mas a Vitória Falcão é uma pessoa que se apresenta profissionalmente com uma enorme eficácia.

Leia ainda: Francisco Monteiro e Joana Sobral: O que ninguém viu na discoteca

Aliás, ela entra na história porque é preciso uma grande advogada para salvar ali uma situação e percebe-se que se a Vitória não conseguisse ninguém conseguia. Portanto, ela é de uma enorme eficácia, de uma enorme competência. É imbatível”, conta, acrescentando ainda: “É um tubarão ou, como ela diz, eu não sou tubarão, sou um falcão.E depois tem é uma coisa interessante que se vai julgar ao longo da história de formas diferentes, com certeza que tem segredos mas eu não posso revelar. Mas que é uma questão de depois ter toda esta segurança, esta racionalidade, esta eficácia que ela tem profissionalmente. Emocionalmente tem grandes desequilíbrios e isso é muito interessante de explorar. E também é uma coisa muito humana Isto é uma coisa que acontece muito e, portanto, confere ali um caráter interessante. Está a ser um bom desafio.”

“Não tenho um registo preferido”

As gravações já estão a decorrer há muitos meses e a atriz faz um “balanço muito positivo. Já vimos o primeiro episódio recentemente e acho que está muito bom. É uma novela muito forte. O público pode esperar uma novela clássica, é um novelão, com personagens fortes e atores com os quais as pessoas se identificam e muitas histórias sempre muito surpreendes. Passar-se entre Portugal e o Brasil também é uma mais valia que são dois universos diferentes.” Teresa Tavares é uma das atrizes da sua geração com mais versatilidade e conta com inúmeras experiências em cinema, teatro e novelas. No entanto, a atriz afiança: “Não tenho um registo preferido. O que me fascina e o que me move são os projetos, as equipas e as personagens que tenho para fazer. Isso é que é definidor. Sempre tive desde muita nova a ideia de querer fazer coisas diferentes, por isso é que salto entre tantos projetos. Quero experimentar várias coisas e ter muitas experiências diferentes. São todas formas de expressão do mesmo trabalho e todas me completam.” E Teresa Tavares garante: “ Não tenho nada que me arrependa, nem nada que me envergonhe. As coisas na altura ensinam-nos sempre. Há aprendizagens que são mais duras que outras, mas tudo nos ensina alguma coisa. Tem tudo a ver com a forma como nos entregamos às coisas. Eu acredito que nós recebemos o que damos. Se forem projetos mais difíceis tenho que dar mais de mim e empenhar-me para tirar também algo da experiência.”

“A maternidade é uma lição de vida”

Aos 41 anos, tem uma filha de quatro e assume-se como uma “mãe descontraída” e revela: “A minha filha mudou muita coisa na minha vida, inclusive os horários (risos). Sou muito pouco organizada e tive de encontrar isso em mim porque precisei dessa organização para a vida com a minha filha. Ser mãe é de uma profundidade emocional enorme e é uma lição diária. A maternidade é uma lição de vida. É uma experiência transformadora e a maior da minha vida.” Leia a entrevista completa na edição da TV 7 Dias já em banca.

capa tv7 dias 1921

Outros destaques desta edição da TV 7 Dias

Francisco Monteiro e Joana Sobral: O que ninguém viu na discoteca
Cláudio Ramos fala sobre as negociações para o Desafio Final e revela como está a sua relação com Miguel Vicente
Disfarces de A Máscara demoraram três meses a ser feitos
Telenovela Queridos Papás motiva queixa na Entidade Reguladora para a Comunicação Social

Tudo isto e muito mais na sua TV 7 Dias, já nas bancas

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt)
Fotos: Helena Morais
PUB