“Terra Brava”: Diogo entrega aos jornalistas provas contra Eduarda

No episódio desta noite de “Terra Brava”, da SIC, Eduarda chega ao stand da Herdade onde está toda a gente à espera. Diogo passa o vídeo onde ela admite vários crimes.

02 Fev 2021 | 15:00
-A +A

No episódio desta noite de “Terra Brava”, da SIC, Casimiro quer perceber o que aconteceu com ele para ter dormido tanto. Elsa mente, diz que ele adormeceu mas que ela foi à seguradora e fez o seguro para o relicário. Ela mostra apólice que é falsa. Casimiro está confuso.

André diz a Gabriela que não a quer perder, diz que vai morar com ela no hotel. Gabriela diz que não, ela precisa de espaço e de estar sozinha, não o quer magoar. André faz proposta de negócio, quer que sejam sócios.

Tomás agradece a Diogo por ele ter ajudado Tiago. Diogo diz que mesmo que Tiago nunca o aceite como irmão, vai sempre poder contar com a sua ajuda. Tiago entra e é desagradável com Diogo. Tomás não gosta da atitude do filho.

Afonso espera que os jornalistas não faltem logo para o anúncio. Eduarda aparece, fica chateada porque ninguém a avisou do stand. Quer que Afonso fale com Beatriz, precisa ver os netos. Os dois discutem.

Nas cavalariças da Herdade, Joana e Norberto conversam cúmplices. Arminda assiste, mas não se faz notar. Vasco chega e Arminda dá-lhe a marmita, culpa Elsa pela situação dele. Vasco quer que a mãe o perdoe. Jura não ter nada com Elsa.

Marco diz a Mafalda que vai fazer horas extra e trabalhar ao fim de semana, assim conseguem o dinheiro que precisam para a casa. Mafalda diz que também pode arranjar outro trabalho. Marco quer que ela descanse até o bebé nascer.

Eduarda chega ao stand da Herdade onde está toda a gente à espera. Diogo entrega as pastas aos jornalistas com provas contra Eduarda. Passa o vídeo onde ela admite vários crimes.

Tomás não quer que Martim fale com Eduarda. Martim diz que já disse à avó que nunca mais fala com ela, As mentiras e o que ela fez ao fingir estar paraplégica não dá para perdoar.

Todos comentam o que aconteceu com Eduarda na feira. Beatriz está perturbada. Diogo finalmente conseguiu cumprir a sua missão. Arminda diz que Eduarda agora não tem nada a perder, pode querer vingar-se.

Eduarda entra, está furiosa e suja de ovos que lhe atiraram. Segue em direção à sala. Recebe sms. Liga a TV e vê a reportagem sobre ela, com imagens dela e um rodapé: “Escândalo em Vila Brava: Ex-ministra da Agricultura, Eduarda Ferreira, confessa rapto e homicídio”. Está furiosa e cheia de raiva começa a esbofetear-se a si mesma. Tudo aquilo que construiu acabou de ruir. Chora de nervos.

Texto e fotos: SIC

PUB
Top