Em lágrimas! Tiago Teotónio Pereira recorda mãe «desfeita» com a morte de Nicolau Breyner

A relação de Tiago Teotónio Pereira com Nicolau Breyner não começou da melhor maneira, mas os dois acabaram «parceiros» de vida. E há uma promessa que o consagrado ator ficou a dever ao enteado…

11 Jul 2020 | 16:50
-A +A

O sorriso é uma das imagens de marca de Tiago Teotónio Pereira, mas, quando o assunto é Nicolau Breyner, o ator não consegue esconder as lágrimas. Assim foi na entrevista concedida a Daniel Oliveira, transmitida pela SIC, este sábado, no programa Alta Definição.

«Tive a sorte de crescer com uma das minhas referências e um dos meus ídolos. Eu vinha para estúdio em miúdo. Sempre fui fascinado por isto. Então, tive uma grande referência que não me deixou sair dos eixos.» Foi assim que o jovem começou por falar de Nicolau Breyner. O ator, que morreu em 2016, era o companheiro de Mafalda Bessa, a mãe de Tiago Teotónio Pereira.

«Em casa nunca falámos muito de trabalho. Ele estava na TVI, eu estava na SIC. Quando tinha um casting, ia passar texto com ele, mas nunca foi uma coisa de: ‘’Bora lá, eu levo-te’. Sempre foi: ‘Tu tens o teu caminho, eu tenho o meu e vais lá chegar’. E aconteceu. E foi incrível.»

Tiago Teotónio Pereira confessou que jamais esquecerá os simples, mas essenciais, ensinamentos do padrasto. Foi com ele que aprendeu, por exemplo, a chegar sempre mais cedo às gravações. «Com ele aprendi em conversas de dia-a-dia. Ele banalizava as situações. (…) Ser o primeiro a chegar, sempre. Essas pequenas coisas foram ficando em mim como um modelo a seguir. (…) Dizia-me coisas boas. Sempre acreditou em mim. Muito mais [do que eu acreditava] e isso é incrível.»

 

«Eu não quis conhecer o Nico»

 

Nicolau Breyner sempre foi um apoiante incondicional do trabalho de Tiago Teotónio Pereira, apesar de, no início, não ter havido uma relação fácil. «Foram 12 anos que vivi com ele. Era como se ele fosse o meu pai. Eu tive o meu pai e adoro o meu pai, mas também adorava o Nico. Vai ser sempre uma referência.»

Tiago Teotónio Pereira revelou que estava a passar por uma fase rebelde na adolescência quando a mãe começou a namorar com o consagrado ator. O casal estava separado por mais de 20 anos de idade, o que não agradou ao filho mais velho de Mafalda Bessa.

«Eu não quis conhecer o Nico quando a minha mãe disse que tinha um namorado mais velho», admitiu. Na altura, o ator tinha outras prioridades e chegou a deixar Mafalda Bessa em lágrimas com determinadas atitudes. «Espero que os meus filhos não me façam isso, senão eu passo-me», anteviu.

 

«Estava desfeita, estava tristíssima»

 

De sorriso no rosto, Tiago Teotónio Pereira afirmou que Nicolau Breyner ainda tem uma promessa por cumprir: «Está a dever-me uma peça. Íamos fazer uma peça juntos. Um dia faço e dedico-lhe». É com saudade que recorda o «parceiro» na vida e nas piadas. «Era eu a fazer estupidezes, ele a rir e a minha mãe furiosa.»

O ator nunca mais esquecerá o dia 14 de março de 2016, o dia em que Nicolau Breyner não resistiu a um ataque cardíaco. «Eu estava com um amigo e foi uma amiga da minha mãe que me ligou e disse: ‘Vai já para casa da tua mãe’. Eu pressenti, pela voz, por tudo. Fui para casa da minha mãe. E, depois, ser uma figura pública… Estava a cara dele em todo o lado. Nos dias a seguir só se falava nisso.»

Questionado por Daniel Oliveira pelas palavras que disse à mãe nesta altura difícil, o ator não conteve as lágrimas. «Curiosamente até foi a minha mãe que encontrou [palavras] para nós. Ela é uma super mãe», disse, com a emoção espelhada no rosto. «Estava desfeita, estava tristíssima. E, hoje em dia, ainda está, sofre muito, mas está sempre preocupada connosco», admitiu.

 

VEJA TAMBÉM:
Florbela Queiroz ligou para Nicolau Breyner. «Não estou cá a fazer mais nada!»
Rosa do Canto recorda relação com Nicolau Breyner: «Ele mentia-me»

 

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Impala e reprodução Instagram

PUB
Top