Tinha 49 anos: Bernardo Pinto Coelho morre ao fim de 11 anos de luta contra ELA

Bernardo Pinto Coelho morreu, este domingo, dia 19 de dezembro, aos 49 anos. O DJ e escritor, filho do médico Manuel Pinto Coelho, lutava há 11 anos contra Esclerose Lateral Amiotrófica.

19 Dez 2021 | 15:23
-A +A

Bernardo Pinto Coelho morreu, este domingo, dia 19 de dezembro, aos 49 anos, avança o Jornal Económico. O DJ e escritor, filho do médico Manuel Pinto Coelho, foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) há 11 anos e, desde então, travou uma dura batalha contra a doença.

Bernardo Pinto Coelho encontrou na música uma grande paixão e tornou-se DJ “de forma a poder vivenciar plenamente a sua grande paixão”, diz a sua biografia. Autor do livro “O Que Eu Aprendi Com E.L.A.”, era casado com Joana Horta e Costa desde 2016. Tinha 37 anos quando lhe deram o diagnóstico.

 

Bernardo Pinto Coelho deu “baile ao destino”

 

No dia 29 de novembro, celebrou 49 anos, que foram assinalados pelo pai de forma carinhosa. “49 anos de vida, dos quais, os últimos 11, embora fragilizado, a dar baile ao destino”, escreveu Manuel Pinto Coelho, no Instagram, publicando uma fotografia em que surge abraçado ao filho.

Bernardo Pinto Coelho “autodefinia-se como ‘um filho de Cascais’, onde viveu a maior parte da sua vida”, lê-se na sua biografia. “Cresceu a brincar na rua e na praia, a jogar futebol e a praticar todo o tipo de desportos, evidenciando-se em quase todos, com particular destaque para o golfe e o futebol – foi a mascote do Estoril Praia e poderia ter sido jogador.”

Apesar do seu amor pelo desporto, disse “até já” a Portugal para tirar o curso de Gestão, numa Universidade na Califórnia – San Diego State University. Trabalhou em diversas áreas, da restauração e hotelaria à área comercial, mas o que lhe deu mais prazer foi gerir a sua empresa de organização de eventos de futebol direcionada a particulares e empresas.

 

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Arquivo Impala

PUB