“Tínhamos reparado que ele era só ar”: Ruben Rua gozado forte e feio por Joana Marques

Uma entrevista de Ruben Rua a João Paulo Sousa e Ana Martins foi analisada ao pormenor por Joana Marques na rubrica “Extremamente Desagradável”. Ironia não faltou, com muitas farpas à mistura.

12 Out 2021 | 16:09
-A +A

Ruben Rua foi o protagonista da edição desta terça-feira da rubrica “Extremamente Desagradável”, que Joana Marques assina no programa “As Três da Manhã”, da Rádio Renascença. A humorista não poupou o apresentador, escrutinando a recente entrevista que este concedeu a João Paulo Sousa e Ana Martins.

No programa “Era o Que Faltava”, Ruben Rua foi apresentado pelos radialistas da Comercial e, no final, a locutora brincou dizendo que o também modelo, no seu perfil de Instagram, tem “muita gente com vontade de raptar os seus abdominais”.

O apresentador da TVI respondeu: “Estava a ouvir atentamente a minha descrição. Desde a moda e o mundo à televisão e aos abdominais, que eu confesso que tenho tentado evitar. Olhem, podemos já começar por aí. Às vezes, entristece-me. Até acho redutor essa definição de ‘Ah, é giro e tem um corpo simpático’. Sem dúvida alguma [que é uma objetificação]. ‘Por isso é que era modelo e foi raptado… Ah, porque se calhar a Cristina achou que poderia… Ah, se calhar era namorado e colocou-o lá’.”

Agora, Joana Marques analisou com atenção as palavras de Ruben Rua. “Calma, Ruben. Eles só elogiaram os teus abdominais. (…) Ele foi por aí fora. Ninguém falou na Cristina Ferreira. Parece aqueles miúdos que se entregam logo. A mãe diz ‘Vou ali à cozinha preparar o lanche’ e eles dizem logo ‘Não fui eu que acabei com as bolachas de chocolate, juro, foi o mano.’ Na verdade, Ruben, ninguém tinha perguntado nada sobre isso…”, atirou a humorista.

 

“Ruben Rua fala dos seus abdominais como se fossem uma entidade à parte”

 

Retomando a entrevista concedida na Rádio Comercial, foi destacado o excerto em que Ruben Rua se refere aos seus abdominais. “Se eles existem, é necessário dar-lhes mérito”, disse o modelo. Para a autora da rubrica “Extremamente Desagradável”, “Ruben Rua fala dos seus abdominais como se fossem uma entidade à parte, independente”.

Mais à frente, Joana Marques partilhou com os ouvintes da Renascença o momento em que o apresentador sublinhou a importância de ter foco no seu dia-a-dia. Durante a conversa, a estrela da TVI deu um exemplo: “Agora, estamos na Rádio Comercial a fazer o ‘Era o Que Faltava’. Então, vamos focar-nos durante uma hora só nisto. A nossa cabeça e a nossa energia têm de estar aqui. Vamos pensar onde é que estão as câmaras que estão a filmar para as redes, se cada um fala de cada vez, se nós fazemos tudo, se estou a falar muito, se estou a falar pouco… Temos de pensar nas coisas, temos de mergulhar nas coisas.”

Uma resposta que mereceu, uma vez mais, a ironia de Joana Marques. “Reparem na primeira preocupação do Ruben num programa de rádio: olhar para as câmaras que estão a filmar para as redes sociais. Prioridades. A verdade é que ele vive dentro do Instagram e todas as suas preocupações têm que ver com o que publica ou deixa de publicar. Nem imagino como é que ele aguentou aquele apagão de seis horas na semana passada”, disse a humorista, referindo-se ao período em que as redes sociais Facebook, Instagram e WhatsApp estiveram em baixo.

 

“Num curso de Comunicação, achas que falam de quê, Ruben?”

 

Na entrevista a João Paulo Sousa e Ana Martins, Ruben Rua partilhou ainda o momento em que, a estudar Gestão, decidiu mudar de curso. “Na altura, a minha irmã licenciou-se em Comunicação e disse-me: ‘Ruben, eu acho que este curso tem tudo que ver contigo’. ‘Ai é? Mas falam de quê?’ ‘Disto, disto e disto’. ‘Então, vou para esse. Pronto'”, recordou. Implacável, Joana Marques reagiu agora: “Num curso de Comunicação, achas que falam de quê, Ruben? Evidentemente, de agricultura e pescas, recursos hídricos, silvicultura, essas coisas…”

A preocupação no conteúdo e na forma das partilhas que faz nas redes sociais foi outro assunto abordado por Ruben Rua. Em contraste, Joana Marques disse “não demorar muito” a decidir o que escrever na legenda das fotografias. E ironizou: “Não é que não me importe, mas eu não tenho de ir ao Ciberdúvidas ver se ‘haver’ é com ou sem ‘h’. Que desagradável que fui agora, não fui? A perpetuar o conceito de que a malta da moda não sabe escrever… Que estupidez. Só porque abandonaram a escola no nono ano quando foram descobertos por um olheiro da Elite Model Look. Isto é totalmente falso, foi só para efeitos cómicos. O Ruben Rua, evidentemente, sabe escrever e falar porque fez um curso de Comunicação”, disse, colando à sua intervenção um outro momento da entrevista de Ruben Rua à Comercial.

 

O exemplo de um “bom momento de rádio” para Joana Marques

 

Nesse momento, o apresentador afirmou: “A minha personalidade, verdadeiramente, começa a ser cada vez mais exposta em prol daquilo que, se calhar, deveria ser feito ou o que os outros querem ver.” Joana Marques usou novamente da ironia e reagiu: “Ok, pronto, não sabe o que quer dizer ‘em prol de’… Mas pronto… Quem nunca se enganou que atire a primeira pedra. Acho que o Ruben é um bom comunicador, mas só em 50 por certo. É bom a emitir, mas não é bom recetor.”

Para justificar esta afirmação, a humorista da Renascença recuperou um outro excerto da entrevista em questão. João Paulo Sousa hesita em usar um termo para falar de Ruben Rua, mas este deixa o radialista à vontade. “Sex symbol? Era isso que querias dizer?”, chegou mesmo a dizer. Só que a estrela da TVI estava enganada… “Por acaso, não era essa. Era mesmo seres uma pessoa que os outros conhecem pelo seu trabalho”, atirou a voz da Comercial. “Ah, ok”, atirou, por sua vez, o convidado. Para Joana Marques, este foi um “bom momento de rádio”.

 

“Sim, Ana, nós tínhamos reparado que o Ruben era só ar”

 

A rubrica “Extremamente Desagradável” terminou com Joana Marques a atribuir, ironicamente, “uma nota menos positiva para a entrevistadora Ana Martins, que foi um bocadinho ofensiva para o convidado”. Ouviu-se, então, um novo excerto da entrevista, com Ruben Rua a dizer que é do signo “Aquário, com ascendente em Gémeos e lua em Gémeos”. “És só Ar”, reagiu a locutora da Comercial.

“Sim, Ana, nós tínhamos reparado que o Ruben era só ar. Também era escusado sublinhar… Depois eu é que sou extremamente desagradável”, rematou Joana Marques, voltando a levar as colegas Ana Galvão e Inês Lopes Gonçalves às gargalhadas.

 

Veja a crónica de Joana Marques sobre Ruben Rua na íntegra:

 

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top