Toy acusado injustamente de crime!

Esta tarde, dia 24 de agosto, o cantor foi julgado e atacado por ter, alegadamente, cometido uma infracção grave.

24 Ago 2017 | 18:16
-A +A

Esta tarde, dia 24 de agosto, o cantor Toy foi fortemente atacado e criticado nas redes sociais. Um vídeo começou a circular na interner e nele era possível ver o cantor a chegar com o seu barco à praia, no meio de banhistas.

Alegadamente esta situação poderia ser ilegal.

Expulsa pessoas da água para chegar com o seu barco à praia afim de dar boleia a amigo pescador. Triste…”, escreveu uma das pessoas que partilhou o vídeo.

Por ter chegado ao areal muitos acharam que este estava a cometer uma ilegalidade tendo em conta a proximidade com os banhistas.

No entanto, quisemos perceber se era efectivamente uma ilegalidade ou não. Contactamos a polícia marítima de Setúbal a fim de perceber o enquadramento legal da situação.

O comandante local da polícia marítima de Setúbal, Nicholson Lavrador, disse-nos que “à partida, não é ilegal”.

Após ver o vídeo em questão, o comandante esclareceu:

“O vídeo é muito curto para fazer avaliações. Não dá para ver a chegada do barco ao areal nem como fez a aproximação. Vê-se o motor parado e não dá para ver muito mais. Parece-me que se trata da praia da Figueirinha, apesar de não poder afirmar com certezas.

Este tipo de situação só se trata de crime caso a praia seja concessionada e própria para banhistas.

“Em rigor, se teve [o barco de Toy] os cuidados apropriados, não é ilegal porque a praia não é considerada de banhos”, concluiu o comandante.

Caso haja denúncia o comandante diz ainda: “Se estivéssemos em processo administrativo com estas base nestas imagens não seria acusado de infracção.”

Saiba quanto seria a coima em caso de ilegalidade e veja o vídeo aqui!

Conteúdos WIN – Marta Ferreira

 

PUB
Top