Três fraturas na perna. Micaela tomou morfina para dar concerto em cadeira de rodas

Micaela foi assistida no hospital e teve de assinar um termo de responsabilidade para poder dar um espetáculo nessa noite. Médicos não queriam que atuasse.

26 Ago 2022 | 17:50
-A +A

No início de agosto, Micaela partiu uma perna e deu um concerto em cadeiras de rodas, tal como a TV 7 Dias contou na altura com vídeos do espetáculo. Agora, a cantora revela como sofreu o acidente que a deixou imobilizada.

Micaela esteve no programa “Dois às 10”, da TVI, na manhã de quarta-feira, 24 de agosto. Em conversa com Cláudio Ramos, ainda em cadeira de rodas, explicou como tudo aconteceu, revelando que tem a perna partida em vários sítios e que os médicos não queriam que atuasse nessa noite. “A queda deu-se da forma mais estúpida (…) Eu fui buscar a roupa do meu concerto, ao atravessar a estrada havia um camião a descarregar material (…) As rampas dos deficientes não são para nós. No momento em que ponho o pé na rampa, escorreguei. Não foi a correr, foi a caminhar. Não consegui mais [caminhar] e a perna começou a inchar. Disse assim: ‘Acabei de partir o pé‘”, começou por contar.

Micaela foi levada de urgência para o hospital e os médicos não queriam que atuasse em Pombal nessa noite, conforme tinha em agenda. No entanto, a cantora assinou um termo de responsabilidade. “Deram-me 2.8 de morfina para ir para o concerto (…). Tive muitas dores, mas adrenalina era muita”, disse, contando que só foi operada depois. “Tenho que agradecer ao Hospital de Vila Franca, foram incríveis, fizeram-me o raio-x, fizeram o diagnóstico e disseram ‘não vai ser possível, tens uma fratura séria, na tíbia faturaste três partes, o tornozelo ficou partido e além das dores que tens e vão ser maiores, tu não vais ter hipótese‘. E eu pensei: ‘Não pode ser’ E disse ‘por favor, deixem-me ir’ e fui …”, acrescentou.

Veja a entrevista de Micaela no “Dois às 10” aqui

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Impala

PUB