Troféus Impala de Televisão 2021: Maria João Abreu homenageada em momento emotivo da gala

Maria João Abreu foi homenageada na gala deste ano dos Troféus Impala de Televisão. A artista perdeu a vida a 13 de maio e estava nomeada para Melhor Atriz de Série pelo papel em “Golpe de Sorte”.

26 Mai 2021 | 21:57
-A +A

Maria João Abreu, que morreu no passado dia 13 de maio, foi recordada na gala dos Troféus Impala de Televisão 2021 com um emotivo vídeo que passou em revista os seus 57 anos de vida, praticamente 40 dos quais dedicados à arte da representação.

A atriz, recorde-se, não resistiu às complicações causadas pelo rompimento de um aneurisma cerebral. Esteve internada, quase duas semanas, no Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Figura marcante no panorama artístico português, Maria João Abreu não podia deixar de ter sido lembrada na iniciativa que premeia, anualmente, o melhor da televisão portuguesa.

 

(Re)Veja a homenagem a Maria João Abreu nos Troféus Impala de Televisão 2021:

 

 

Ainda há um ano, Maria João Abreu ganhou o Troféu Impala de Televisão de Melhor Atriz de Série, pelo seu desempenho em “Golpe de Sorte”. Este projeto da SIC foi o primeiro e único em televisão em que a artista assumiu o papel de protagonista.

“Este prémio significa o reconhecimento pelo meu trabalho do público, a quem eu agradeço muito. Não estava à espera de ser a vencedora. Sinceramente, nunca penso nisso. Penso que fiz o melhor que sei e que posso, que investi muito neste projeto e nesta personagem. E o reconhecimento está aqui”, disse a atriz, aquando da consagração. “Dedico este prémio a todo o elenco e a toda a equipa de ‘Golpe de Sorte’. Aos realizadores, à produção, à Vera Sacramento, que escreveu esta história… Este prémio não é só meu. É fruto do trabalho de uma equipa inteira”, acrescentou, na altura.

Maria João Abreu estava novamente nomeada para Melhor Atriz de Série nos Troféus Impala de Televisão 2021, uma vez mais pelo papel de Maria do Céu Garcia. O galardão acabou por ser entregue, por escolha do público, a Carolina Carvalho, com quem a malograda artista contracenava em “Golpe de Sorte”.

 

Texto: Dúlio Silva; Foto: D.R.

PUB
Top