Tudo por uma carteira: Joaquim Monchique subiu escada rolante sem calças nem cuecas

Joaquim Monchique esteve no programa “5 Para a Meia-Noite”, onde recordou a história em que, para João Baião e Maria Rueff lhe comprarem uma carteira, subiu uma escada rolante sem calças nem cuecas.

10 Dez 2021 | 20:12
-A +A

Joaquim Monchique recordou uma aposta que fez com João Baião e Maria Rueff durante uma viagem a Hong Kong, na China. O ator foi um dos convidados da emissão desta quinta-feira, 9 de dezembro, do programa “5 Para A Meia-Noite”, da RTP1, e, em conversa com Inês Lopes Gonçalves e Miguel Rocha, contou o episódio que o fez tirar as calças e as cuecas. Simplesmente para ganhar uma carteira.

“Havia umas escadas gigantescas em Hong Kong. Eu tinha visto uma carteira de uma boa marca. Eu queria aquela carteira, mas achava-a cara e disse ao Baião e à Rueff: ‘Se subir estas escadas com as cuecas e as calças em baixo, vocês compram-me a carteira?'”, recordou.

Joaquim Monchique referiu que os amigos acenaram que sim e, perante este gesto, não perdeu tempo: “Tirei as calças e as cuecas e subi a escada rolante com os chineses a olharem para mim”, frisou, deixando o público presente a rir às gargalhadas. “Não me conheciam de lado nenhum”, completou.

 

Joaquim Monchique emociona Goucha ao revelar que mãe estava “muito mal”

 

Em dezembro do ano passado, Joaquim Monchique deixou Manuel Luís Goucha visivelmente emocionado ao não falhar a sua presença no extinto “Você na TV!”, da TVI, mesmo depois de, no dia anterior, a mãe ter sido internada num hospital. De olhos marejados, o apresentou elogiou a força do ator.

“Neste momento, estou com um problema gravíssimo. Tenho a minha mãe muito mal no hospital. Vim ao teu programa porque sei o que custa não ter um convidado e não ter este espaço preenchido. Ela gosta tanto de ti que ela, de certeza absoluta, quereria que eu viesse cá”, disse, no final da entrevista, com os olhos brilhantes e deixando o apresentador sem reação.

 

Leia tudo aqui.

 

Texto: Márcia Alves; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB