TVI afirma: “Judite Sousa esteve uns meses sem receber porque não enviou fatura”

Depois de Nuno Santos, diretor de informação da CNN Portugal, ter esclarecido a saída de Judite Sousa no “Dois às 10”, a TVI emitiu uma nota.

02 Ago 2022 | 15:30
-A +A

A saída de Judite Sousa da CNN Portugal apanhou tudo e todos de surpresa. Incluído a própria direção de informação da CNN Portugal /TVI, que segundo Nuno Santo, diretor de Informação, soube pelas redes sociais durante esta segunda-feira, dia 1 de agosto, à noite.

O responsável entrou em direto no “Dois às 10”, esta terça-feiCra, 2 de agosto, para esclarecer e desmentir o que já foi dito sobre a saída da jornalista, incluindo que não sabiam que Judite Sousa tinha saído do canal, uma vez que estava apenas de baixa e que voltaria dia 11 de agosto.

Entretanto, a TVI emitiu uma nota com o objetivo de resumir os principais pontos da reação do diretor de Informação da TVI/CNN Portugal à saída de Judite Sousa.

“Judite Sousa tem com a CNN Portugal um contrato de prestação de serviços. A natureza do vínculo (assente nos chamados “recibos verdes”) foi acordada pelas partes, por proposta da própria jornalista;

– Neste momento, Judite Sousa mantém o vínculo à estação, estando ausente por baixa médica até ao dia 11 de agosto;

– No cumprimento dos procedimentos internos, que se aplicam a todos os colaboradores da empresa, o pagamento por prestação de serviços acontece mediante apresentação de fatura. Judite Sousa esteve, de facto, uns meses sem receber porque não enviou fatura, apesar de ter sido instigada várias vezes a regularizar a situação. Neste momento, a empresa não deve 1 euro à jornalista;

– Sobre o seguro de saúde, e com vista a ter uma proteção superior, o que se fez aquando da partida de Judite Sousa para a Ucrânia foi um contrato com inscrição na Segurança Social. Isso aconteceu com a concordância da jornalista e do seu advogado. A empresa agiu com zelo neste caso e no de todos os jornalistas que desde fevereiro têm estado a cobrir o conflito;

– A direção da CNN Portugal está confortável com a forma como tratou Judite Sousa ao longo destes meses. Fê-la sentir-se desejada e acarinhada no regresso à televisão, procurou protegê-la nas suas vulnerabilidades, foi compreensiva perante as ausências motivadas por questões de saúde. Acresce que Judite Sousa teve condições únicas para trabalhar, com uma equipa de profissionais de primeira linha, escolhida pela própria e que esteve sempre ao seu lado.”

 

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: redes sociais 

PUB