TVI ARRASADA pela REPORTAGEM sobre Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães!

A estação de Queluz de Baixo revelou imagens inéditas das alegadas agressões de Manuel Maria Carrilho a Bárbara Guimarães. Agora, a TVI está a ser arrasada pela emissão das imagens.

18 Jan 2019 | 10:48
-A +A

A revelação das imagens inéditas das alegadas agressões de Manuel Maria Carrilho a Bárbara Guimarães, pela TVI, chocaram o país esta quinta-feira, dia 17 de janeiro. Depois de o ex-ministro da Cultura ter colocado o filho Dinis, de 15 anos, a responder às questões de Ana Leal, na TVI24, as críticas dividem-se entre a estação de Queluz de Baixo e o pai do menor.

«Deviam ter impedido um menor de falar em directo num programa de TV», «TVI novamente no seu lado pior para audiências», «Interrogo-me sobre como é que esta reportagem é consentida, pois viola de forma inequívoca a privacidade e o superior interesse destas crianças», «as reportagens da Ana Leal começaram a ser reality show» e «não pode valer tudo», são algumas das críticas apontadas à TVI. 

Espreite: Manuel Maria Carrilho esclarece o que aconteceu em casa de Bárbara Guimarães!

 

Entre os comentários negativos à estação televisiva, também Manuel Maria Carrilho é apontado como «sem caráter» pela exposição do filho.

«Foi este o antigo Ministro da Cultura?», «ele parecia estar a falar baixinho ao filho», «quem tem que preservar os filhos são os pais», «o homem endoidou de todo», «um desclassificado em todos os sentidos. Sem caráter, convencido e com a mania das grandezas», «uma família extremamente disfuncional» e «lamentável colocar o filho ao telefone», lê-se nos comentários da página oficial da TVI.

Veja ainda: Manuel Maria Carrilho esclarece o que aconteceu em casa de Bárbara Guimarães!

 

Ex-ministro da Cultura coloca filho a responder por ele

Depois da emissão da reportagem onde é possível ver Manuel Maria Carrilho em confronto com Bárbara Guimarães, o ex-ministro foi convidado para estar presente no debate em direto, na TVI24, mas negou fazê-lo em pessoa, aceitando participar via telefónica. Nos primeiros momentos da chamada, nega as acusações que lhe são feitas e afirma que as imagens são manipuladas. Logo de seguida, passa o telemóvel ao filho menor, Dinis Maria Carrilho, de 15 anos.

A certo ponto, Ana Leal recusa-se a continuar a falar com o menor, acusando Manuel Maria Carrilho de continuar a expor o filho.

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais/ Fotos: Impala

PUB
Top