TVI explica ENTREVISTA A MÁRIO MACHADO e RETIRA VÍDEOS DO SITE

A estação de Queluz de Baixo emitiu comunicado a justificar a presença de Mário Machado no Você na TV, que gerou críticas de todos os quadrantes da vida pública.

04 Jan 2019 | 19:56
-A +A

Mário Machado, ex-líder da Frente Nacional e defensor de ideais xenófobos e racistas, esteve esta quinta-feira, 3 de janeiro, no Você na TV. A entrevista gerou críticas por parte de figuras públicas políticos e a Entidade Reguladora para a Comunicação Social confirmou já a receção de diversas queixas.

 

Veja mais: Manuel Luís Goucha explica entrevista a Mário Machado

 

Em comunicado, a Direção de Programação e a Direção de Informação da TV explicam que «entre os direitos, liberdades e garantias fundamentais que a programação da TVI respeita encontra-se a liberdade de expressão».

No site da TVI, os vídeos da entrevista de Mário Machado já não estão disponíveis (veja na galeria)

«A TVI é igualmente um operador de televisão comprometido com a emissão de uma programação diversificada e plural, compromisso esse que é, aliás, uma imposição legal. O pluralismo impõe uma consideração editorial das várias sensibilidades da sociedade portuguesa — independentemente da adesão às respetivas mundividências e visões sociais».

 

Veja mais: Repórter de TVI ameaçado de morte depois de entrevista a Mário Machado

 

No Você na TV, entre outros ideais, Mário Machado defendeu «um novo Salazar» em Portugal. A TVI defende que, no programa das manhãs da TVI, foram apresentadas «visões alternativas» às do líder de extrema-direita.

«As contradições entre a sua vida pretérita e os valores por si ora defendidos foram assinaladas. Foram igualmente abordados o seu histórico criminal, o contexto e os contornos do seu projeto político, tendo os riscos do extremismo político sido devidamente assinalados.», pode ainda ler-se.

 

Texto: redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotos: TVI

PUB
Top