TVI revela história de mulher que quer engravidar de marido morto

O canal de Queluz de Baixo vai transmitir uma minissérie documental, entre os dias 3 e 6 de fevereiro, de uma bonita história que terminou com uma morte e uma promessa por cumprir.

01 Fev 2020 | 20:50
-A +A

Amor sem Fim é o nome da minissérie documental de quatro episódios, da autoria do jornalista da TVI Emanuel Monteiro. Emitida no programa de Alexandra Borges, entre os dias 3 e 6 de fevereiro, esta minissérie revela uma história de amor contada na primeira pessoa.

Ângela e Hugo conheceram-se quando ela tinha 30 e ele 28 anos. A paixão deu lugar ao amor e os planos futuro tornaram-se mais do que muitos. Contudo, o casamento, os filhos e as viagens idealizadas perderam-se quando Hugo morreu e as promessas feitas ficaram por realizar.

Hoje, Ângela tem 32 anos e quer cumprir a última promessa que fez ao marido: dar-lhe um filho. «Hugo criopreservou uma amostra de sémen, e deixou escrito, numa declaração de vontade, que queria que Ângela fosse inseminada com o material genético, mesmo após a sua morte. Contudo, a lei portuguesa prevê a destruição do esperma após o falecimento. Numa corrida contra o tempo, esta jovem tenta evitar que o hospital ponha fim à única possibilidade que tem para engravidar do amor da sua vida», conta a TVI, que vai relatar a luta desta mulher para engravidar do marido.

«É uma sensação de impotência. O mundo está a ser completamente destruído e eu sou uma espectadora», refere Ângela no vídeo de promoção.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR

 

PUB
Top