TVI põe fim à equipa de investigação após saída de Alexandra Borges

A recém-empossada Direção de Informação da TVI não vai dar continuidade à equipa de investigação. A líder era Alexandra Borges, que deixou a estação ao fim de 20 anos.

01 Dez 2020 | 10:11
-A +A

A TVI optou por colocar um ponto final na sua equipa de investigação jornalística. A TV 7 Dias sabe que, com a saída de Alexandra Borges da estação, a Direção de Informação, liderada desde setembro por Anselmo Crespo, decidiu extinguir aquele grupo de trabalho. O jornalista Emanuel Monteiro, que fazia parte da equipa, foi reintegrado numa editoria da redação do canal de Queluz de Baixo.

Desde então, os elementos da Informação da TVI sugerem temas avulso para grandes trabalhos de investigação jornalística. Mas sem qualquer coordenador, como acontecia até ao mês passado. Alexandra Borges tinha sido recentemente promovida para esse cargo, mas disse adeus à estação na sequência de um convite profissional recebido há cerca de quatro meses.

Antes, a jornalista era a coordenadora de um programa de investigação jornalística em nome próprio. Havia outro, orientado por Ana Leal, que também dava nome ao formato. Este último foi suspenso por causa da pandemia da COVID-19, justificou, então, a Direção de Informação, na altura liderada por Sérgio Figueiredo. No entanto, Ana Leal e o antigo responsável entraram em discordância, acabando com a jornalista a ser suspensa de funções. A profissional acabou por abandonar a TVI.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
Violência doméstica: Jornalista da TVI apanhado com “falta de credibilidade” em tribunal

PUB
Top