TVI reage à morte de Rogério Samora: “Enviamos condolências aos familiares, amigos e SIC”

A morte de Rogério Samora espoletou uma série de reações, nomeadamente da TVI, onde protagonizou novelas como “Fascínios” e “Mar de Paixão”, e da SIC, canal a que esteve ligado nos últimos dez anos.

15 Dez 2021 | 16:43
-A +A

A morte de Rogério Samora representa um “momento de tristeza e luto” para a TVI. Numa reação feita nas redes sociais, a estação de Queluz de Baixo diz que “é com a mais profunda consternação” que “lamenta o falecimento prematuro” do ator e “envia as suas sinceras condolências aos familiares, amigos e SIC”, canal ao qual o artista esteve ligado nos seus últimos dez anos de vida.

Rogério Samora morreu, esta quarta-feira, 15 de dezembro, aos 62 anos. A notícia foi recebida “com grande pesar” pela TVI, onde foi “sempre muito acarinhado pelos colegas”. Nesta estação, o ator integrou o elenco de novelas como “Fascínios”, “Flor do Mar” e “Mar de Paixão” e séries como “Equador” e “Destino Imortal”.

“A sua falta será para sempre sentida. Até sempre, Rogério Samora”, diz a TVI.

A Diretora de Entretenimento e Ficção do canal, Cristina Ferreira, também já reagiu à morte do ator. “Os meus sentidos pêsames à família, amigos e colegas de tantos anos. Rogério”, pode ler-se numa mensagem partilhada nas redes sociais.

 

SIC refere-se a Rogério Samora como “homem e ator notável”

 

Também a SIC já falou publicamente sobre a morte de Rogério Samora, cuja notícia foi recebida com “profundo pesar”. Na hora da despedida, a estação de Paço de Arcos descreve o artista como “um homem e ator notável, com um talento ímpar na arte de representar”. “A toda a família e colegas, endereçamos as nossas sentidas condolências”, diz o canal numa nota.

Nessa mesma mensagem, a SIC lembra os “momentos felizes e inesquecíveis” que Rogério Samora e a estação viveram an última década e que “ficarão para sempre na memória de todos”. Destacam-se projetos como “Médico de Família”, “Jornalistas”, “Ganância”, “Residencial Tejo”, “Fúria de Viver”, “O Jogo”, “Rosa Fogo”, “Sol de Inverno”, “Mar Salgado”, “Poderosas”, “Amor Maior”, “Golpe de Sorte” e “Nazaré”.

O último trabalho de Rogério Samora foi a novela “Amor Amor”, em cujas gravações o ator sofreu duas paragens cardiorrespiratórias. Estávamos no dia 20 de julho. O ator foi levado de urgência para o Hospital Amadora-Sintra, onde esteve internado, sempre com prognóstico reservado, até meados de outubro.

Nesse mesmo mês, o ator foi transferido para a Unidade de Cuidados Continuados Integrados localizada na freguesia da Encarnação, concelho de Torres Vedras. Recentemente, tinha voltado ao Hospital Amadora-Sintra, onde o óbito acabou por ser declarado nesta quarta-feira.

“Obrigado” Rogério Samora”, remata a SIC.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB